Domingo, 22 de setembro de 2019 Edição nº 15007 29/06/2018  










TREAnterior | Índice | Próxima

Justiça eleitoral investiga segurança de Selma Arruda

Da Reportagem

A Procuradoria Regional Eleitoral em Mato Grosso instaurou um Procedimento Preparatório Eleitoral contra a juíza aposentada Selma Rosane de Arruda. A intenção é apurar suposta doação ilegal por parte de uma empresa de segurança armada.

A juíza, que é pré-candidata ao Senado Federal no pleito de outubro deste ano, teria supostamente violado o artigo 33, inciso I, da Resolução n° 23.553/2017, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que trata sobre recebimento ilegal de campanha.

A abertura da investigação foi determinada pela procuradora regional eleitoral, Cristina Nascimento de Melo, no dia 19 de junho. A publicação do ato, entretanto, se deu nesta terça-feira (26).

Selma perdeu direito de escolta após nova decisão da Comissão Especial dos Magistrados, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que entendeu que ela desrespeitou as regras para concessão do benefício, mesmo alegando estar sofrendo ameaças de morte. Isto porque, ela estaria se utilizando da escolta em eventos partidários de promoção de sua candidatura.

Diante disso, a ex-magistrada recorreu ao governador Pedro Taques (PSDB), que determinou que a Casa Militar providenciasse a escolta para ela. Porém, dias depois o vereador por Sinop (500 km ao Norte), Geraldo Antônio dos Santos, ingressou com Ação Popular para suspender o ato, afirmando que o chefe do Poder Executivo estava concedendo “privilégio” à juíza com intenção de traze-la para mais perto de sua base aliada.

O pedido foi acatado pelo juiz Mirko Vincenzo Giannotte, da Vara Especializada da Fazenda Pública da Comarca de Sinop. Selma optou por não recorrer da decisão alegando que uma empresa privada, patrocinada por um grupo de empresários, iria fornecer a escolta de forma gratuita. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:32 Justino deve lançar Saad candidato
18:28 Justiça eleitoral investiga segurança de Selma Arruda
18:28 Taques lança concessão e rebate críticas
18:24 Alckmin em Cuiabá na próxima semana
18:24 PSDB deve repassar R$ 1,8 mi para campanha de Taques


18:14 Japão perde e classifica por diferença de cartões
18:14 Colômbia avança e Senegal cai no desempate dos cartões
18:13 Tunísia vira sobre o Panamá e
18:13 Bélgica entra na rota do Brasil
17:52 BOA DISSONANTE
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018