Segunda feira, 22 de abril de 2019 Edição nº 15007 29/06/2018  










RODOVIÁRIAAnterior | Índice | Próxima

Taques lança concessão e rebate críticas

Da Reportagem

O governador Pedro Taques (PSDB) lançou ontem (28), o processo de concessão da Rodoviária de Cuiabá, onde estão previstos investimentos privados de R$ 30 milhões.

Durante o evento, Taques aproveitou para rebater críticas à sua gestão e disse que não é "querido" por muitos em razão de não compactuar com roubo e por fazer obras que atendem à população mais carente do Estado.

“Essa rodoviária ficou muito tempo abandonada, banheiros em péssima condição, não existiam lanchonetes suficientes para atender cidadão. Não tínhamos aqui a qualidade do serviço público que desejamos. Agora, ela ficará igual ou melhor que um aeroporto. Porque o cidadão mais simples, mais humilde, tem direito a equipamentos públicos de qualidade”, disse o governador, em seu discurso.

“Algumas pessoas não gostam do governador Pedro Taques. Não gostam porque eu não roubo, não gostam porque não faço ‘maracutaia’. Não gostam porque estamos tratando o cidadão mais humilde com a qualidade do serviço público que ele tem direito”, acrescentou.

Taques lembou que alguns serviços já foram realizados de forma emergencial e que, a partir de agora, começa o processo de concessão.

Durante o evento, o Consórcio Metropolitano de Transportes (CMT) entregou sete novos ônibus que passam a integrar a frota de veículos que atendem à Baixada Cuiabana. Os veículos possuem bilhetagem eletrônica, WiFi, monitoramento de vídeo, GPS e ar condicionado.

O processo de concessão da rodoviária é conduzido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), com participação da sociedade. O lançamento da consulta pública para concessão contou com a participação do governador Pedro Taques, secretários estaduais, movimento comunitário e sociedade.

“Já fizemos algumas intervenções emergenciais no terminal e o cidadão já está notando essa diferença. Esse é só o começo. A concessão vai transformar a rodoviária em um grande shopping de serviços e lazer. Afinal, o cidadão mais humilde também direito: essa rodoviária será do padrão de aeroportos”, pontuou o governador Pedro Taques.

De acordo com o cronograma, uma audiência pública está prevista para o mês de julho. Em agosto será lançado o edital, no mês seguinte (setembro) ocorre a licitação. A previsão é que as obras sejam iniciadas no próximo ano.

A empresa que ganhar a concessão terá que investir os recursos de outorga para instalação de diversas melhorias no terminal, entre eles elevador panorâmico, escadas rolantes, painéis de iluminação solar, telas com horários de partidas do ônibus, ar condicionado e muito mais. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:14 A reforma da Previdência
20:13 Benefícios fiscais: concessão e requisitos
20:11 Quadro de instabilidade
20:10
20:06 Miss Brasil pode não ser realizado em 2020 por falta de acordo entre Polishop e Band


20:06 Segunda temporada da série de comédia "Samantha!", com Emanuelle Araújo, chega hoje à Netflix
20:05 Maisa estreia talk show inspirada em Hebe
20:05 Programa Mais Você estreia nova competição culinária com amadores copiando chefs famosos
20:04 Tributo ao Rei: Nando Reis lança disco que recupera músicas menos conhecidas de Roberto Carlos
20:03 Ministro chama de mordaça censura a sites
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018