Segunda feira, 14 de outubro de 2019 Edição nº 15005 27/06/2018  










MUDANDO TOMAnterior | Índice | Próxima

Eduardo Botelho critica governo

Da Reportagem

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) mudou o tom de seu discurso sobre a atual administração estadual, do governador Pedro Taques (PSDB), seu aliado político de longa data.

Em encontro do DEM realizado no interior do Estado no último final de semana, o parlamentar insinuou que a gestão do governador Pedro Taques deixou a desejar, e que no “Estado está faltando tudo”.

“Vivemos em um Estado que está faltando tudo. Vivemos em um Estado rico, nos destacamos, Mato Grosso vem crescendo acima da média nacional e precisamos transformar isso também em melhorias a população. Transformar em infraestrutura, estradas melhores, saúde melhor, segurança mais digna e é isso que nós queremos propor e trabalhar para o futuro”, disse o democrata fazendo referência a pré-candidatura do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM).

O parlamentar chama a atenção em especial para a saúde pública do Estado. “Aprovamos Fundo, porque saúde está na UTI. Está mal em todos os lugares. Os hospitais estão fechando, Santa Casa, Santa Helena, os hospitais atendem grande parcela do povo do estado, estão fechando. Aprovamos fundo, lutamos em cima disso para salvar gente. A saúde pública está falida”, disse.

O Fundo de Estabilização Fiscal foi aprovado pela Assembleia Legislativa na semana passada. A expectativa do Governo do Estado com a criação deste novo Fundo é arrecadar R$ 180 milhões por ano. O montante será destinado 100% a saúde pública de Mato Grosso

Botelho foi um dos maiores defensores do governador Pedro Taques no Parlamento Estadual. Por conta disso, o seu discurso tem causado estranheza. No entanto, o Democratas vem trabalhando na construção da candidatura de Mendes ao Governo do Estado, e o parlamentar afirma que irá ajudar o partido nessa empreitada. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:04 R$ 800 milhões para pontes e estradas
19:03 Pinheiro diz que não vai interferir em eleição da mesa
19:03 Nomeados vereadores que formarão CPI da Educação
19:03 Eduardo Botelho critica governo
19:02 Antônio Joaquim chama Silval de ‘gangster’


19:02 Rival mistura geopolítica com futebol na arquibancada e no campo
19:02 Neymar se irrita com críticas, e Globo nega distinção
19:01 Empate garante classificação do Brasil
19:01 Peru bate a Austrália e volta a vencer em Copa após 40 anos
19:01 França e Dinamarca são vaiadas em primeiro 0 a 0
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018