Domingo, 21 de abril de 2019 Edição nº 15004 26/06/2018  










SAÚDE Anterior | Índice | Próxima

SUS incorpora novos tratamentos para doenças consideradas raras

Da Reportagem

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias aprovou novas opções de cuidado para quem sofre de doenças raras no Brasil. Os tratamentos, de acordo com o Ministério da Saúde, devem ser disponibilizados em unidades do SUS (Sistema Único de Saúde) a partir do segundo semestre de 2018.

Com as alterações, portadores de Mucopolissacaridoses tipo I e II vão contar com duas novas opções de medicamento: a laronidase e a idursulfase alfa. Para quem sofre de Deficiência de Biotinidase, a novidade é a aprovação de protocolos que orientam a assistência na rede pública. Os protocolos para a Síndrome de Turner e a Hepatite Autoimune também foram atualizados.

Os chamados Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas funcionam como documentos oficiais que estabelecem critérios para diagnóstico; tratamento preconizado, incluindo medicamentos e demais tecnologias; posologias recomendadas; cuidados com a segurança dos doentes; mecanismos de controle clínico; e acompanhamento e verificação de resultados terapêuticos.

Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que as doenças raras afetam até 65 pessoas em cada grupo de 100 mil indivíduos, sendo 80% decorrentes de fatores genéticos. No Brasil, cerca de 13 milhões de pessoas são acometidas por esse tipo de enfermidade.

O ministério informou que, desde 2014, o SUS incorporou 19 exames de diagnóstico e 11 medicamentos, além de organizar a rede de assistência a doenças raras no Brasil. O país conta, atualmente, com sete serviços de referência nesse tipo de atendimento.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:04 R$ 800 milhões para pontes e estradas
19:03 Pinheiro diz que não vai interferir em eleição da mesa
19:03 Nomeados vereadores que formarão CPI da Educação
19:03 Eduardo Botelho critica governo
19:02 Antônio Joaquim chama Silval de ‘gangster’


19:02 Rival mistura geopolítica com futebol na arquibancada e no campo
19:02 Neymar se irrita com críticas, e Globo nega distinção
19:01 Empate garante classificação do Brasil
19:01 Peru bate a Austrália e volta a vencer em Copa após 40 anos
19:01 França e Dinamarca são vaiadas em primeiro 0 a 0
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018