Sábado, 16 de fevereiro de 2019 Edição nº 14994 12/06/2018  










MÚSICAAnterior | Índice | Próxima

Em voz e piano, disco gravado por Prince em 1983 será lançado em setembro

RAFAEL GREGORIO
Da Folhapress - São Paulo

Músicas gravadas por Prince em 1983, cantando e tocando piano, serão lançadas em 21 de setembro em um disco intitulado "Piano & A Microphone: 1983".

O anúncio foi feito na última quinta-feira (7), dia em que o artista completaria 60 anos, pela Warner Bros. e pelos responsáveis por administrar o espólio dele.

Um dos maiores nomes da música pop nos anos 1980 e citado como referência por gerações de artistas graças à sua mescla de rock, funk e dance music, Prince morreu em abril de 2016, aos 57 anos.

As nove canções foram gravadas em um estúdio em sua casa em Chanhassen, Minnesota (EUA).

O formato intimista do material, em voz e piano, remete ao da última turnê de Prince, "Piano & A Microphone Tour".

O repertório inclui rascunhos de músicas que depois fariam sucesso, como "Strange Relationship", "International Lover" e "Purple Rain", do álbum homônimo de 1984 que elevou o artista ao status de megacelebridade.

Uma das faixas foi liberada no Spotify junto do anúncio. É a canção "Mary Don't You Weep", um spiritual tornado célebre nos anos 1960 e 1970 nas vozes de cantores como James Brown (1933-2006) e Aretha Franklin.

Há ainda uma versão de "A Case of You", da cantora folk Joni Mitchell.

As músicas foram digitalizadas a partir de fitas do acervo de Prince, que mantinha um arquivo com registros de ensaios, gravações e shows, além de diários e anotações sobre composição e produção.

Esse material vem sendo catalogado há cerca de um ano e meio por uma equipe comandada por Troy Carter, da consultoria artística Atom Factory, que também é executivo do Spotify.

A pesquisa vem sendo publicada em um site (www.princeestate.com) com materiais como a discografia anotada de Prince.

O trabalho também gerou lançamentos da gravadora Warner Bros., como a versão original da música "Nothing Compares 2 U", divulgada em um vídeo com cenas de ensaios de Prince com sua banda à época, The Revolution.

O espólio planeja novos lançamentos, como um álbum com mais material inédito, em 2019.

Parte do acervo do artista, porém, segue interditado por pendências jurídicas -a Universal Music adquiriu em 2017 ativos, incluindo direitos de músicas, em um acordo que depois foi rescindido e segue pendente.

No mês passado, a investigação da Justiça americana sobre a morte do artista concluiu que ele teve uma overdose acidental de um remédio baseado no opioide fentanyl, usado contra dores severas.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:29 AL aprova contas de Taques
19:29 BOA DISSONANTE
19:28 O papel do advogado criminalista?
19:27 A injusta distribuição tributária
19:27 Como combater o glaucoma?


19:26 De convite
19:26 Verde e amarelo
19:25 Psicóloga alcoólatra e solitária guia obra no topo da lista do New York Times
19:25
19:24 Ex-engenheiro de som dos Beatles diz que tecnologia estragou a música
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018