Domingo, 21 de abril de 2019 Edição nº 14994 12/06/2018  










ELEIÇÕES 2018Anterior | Índice | Próxima

Democratas deve decidir esta semana

Da Reportagem

Com a pesquisa em mãos, o Democratas (DEM) se reúne no decorrer desta semana para definir quem será o candidato ao Governo do Estado pela sigla. O levantamento, que irá nortear a decisão do partido, foi realizado em todo o Estado pelo instituto GPP de Planejamento e Pesquisa.

“Chega uma hora que onça tem que beber água, e chegou a hora. Com a pesquisa e todos passos cumpridos, vamos analisar tudo tomar a decisão. Quero essa semana reunir toda a Executiva, pois precisamos de uma data efetiva para tomar essa decisão. Acredito que ficará polarizada entre Mauro e Jaime”, disse o presidente regional do partido, deputado federal Fabio Garcia.

O democrata não quis antecipar os números revelados pelo instituto, mas garantiu que os nomes do ex-prefeito Mauro Mendes e do ex-senador Jayme Campos continua sendo prioridade dentro do partido.

“Acredito que são os nomes que tem maior potencial, densidade eleitoral, estatura, capilaridade. Então são os dois que estão restritos. Defendia o nome do Botelho, defendo, inclusive, como possível candidato, mas ele já manifestou reiteradas vezes que não tem interesse na candidatura ao Governo”, pontuou.

Agora, caso Mauro Mendes e Jayme Campos decline da candidatura ao Governo do Estado, a saída do Democratas pode ser o parlamentar. Garcia admite a possibilidade de vir a encabeçar a disputa rumo ao comando do Palácio Paiaguás.

“Se o partido decidir que eu tenho que ser o candidato [ao governo], serei o candidato do DEM. Se, lá na frente o partido falar que eu tenho que ser candidato, eu serei. É uma decisão partidária e não fugirei da responsabilidade se o partido decidir assim”, garantiu.

No entanto, afirma que só aceitaria disputar a eleição para governador em último caso, uma vez que sua prioridade é se reeleger deputado federal.

“É pública a vontade do DEM, tanto da direção nacional, quanto da maioria dos membros da Estadual para que a sigla tenha candidatura própria. Torço, como presidente, para que um dos dois (Jaime ou Mauro) assuma a responsabilidade de ser candidato a governador. E, se algum dos dois assumir, obviamente terá apoio do partido”, concluiu.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:29 BOA DISSONANTE
19:29 AL aprova contas de Taques
19:28 O papel do advogado criminalista?
19:27 Como combater o glaucoma?
19:27 A injusta distribuição tributária


19:26 Verde e amarelo
19:26 De convite
19:25
19:25 Psicóloga alcoólatra e solitária guia obra no topo da lista do New York Times
19:24 Comédias estão mais dramáticas, diz executiva da HBO
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018