Terça feira, 20 de agosto de 2019 Edição nº 14982 23/05/2018  










SAÚDE/CÂNCERAnterior | Índice | Próxima

Exame baseado em inteligência artificial pode ajudar tratamento

GABRIEL ALVES
Especial para o DIÁRIO

Um exame baseado em inteligência artificial, agora disponível no Brasil, pode dar um uma segunda chance a pacientes com câncer que não tiveram sucesso na primeira tentativa de tratamento.

Lançado neste mês pelo laboratório de análises clínicas Fleury, o exame Oncofoco é direcionado para pacientes oncológicos avançados (em geral, em fase de metástase ou com recidiva) e que não respondem aos tratamentos convencionais.

A iniciativa surge a exemplo de outras de sucesso no exterior, como uma da Quest Diagnostics e outra da Foundation Medicine, ambas americanas, diz o oncologista Mauro Zukin, do Grupo COI, do Rio. A análise acontece a partir de grandes bancos de dados (big data), acessados e interpretados de acordo com as informações do tumor e de estudos clínicos já realizados.

A matéria-prima é uma biópsia. Na primeira etapa, o DNA tumoral presente nessa amostra é sequenciado -ou seja, se o genoma fosse grande lista de frases, ela seria lida letra por letra neste momento. Assim, é possível apontar as peculiaridades genéticas naquele tumor. Podem ser analisados 72 ou 366 genes, dependendo da modalidade do exame, simples ou ampliado.

Essa soletração serve de base para o sistema Watson, da IBM, que analisa todos os artigos científicos relevantes para aquele caso. Seguindo nessa analogia, são detectadas duplicações de "letras", repetição e falta de "palavras", além de "erros de ortografia" genéticos.

A inteligência artificial, então, devolve, tendo em vista as alterações genéticas do tumor daquele indivíduo, uma lista de possíveis drogas e tratamentos aos quais ele poderia ser submetido, mesmo que ainda estejam em fase testes no Brasil ou no exterior e/ou sem aprovação final por agências reguladoras, como a americana FDA ou a brasileira Anvisa.

O trabalho, realizado em segundos pelo algoritmo computacional, requereria muitas e muitas horas de esforço humano em cada caso para realizar algo parecido.

"É virtualmente impossível, mesmo que dedicando 24h por dia e sete dias por semana, permanecer atualizado em todos os assuntos, mesmo que em apenas uma especialidade. O sistema faz uma curadoria dos estudos e uma análise muito extensa e sistematizada, sem viés", explica Edgar Gil Rizzatti, diretor do Grupo Fleury.

Mas isso não quer dizer que o computador decida sozinho o futuro do paciente. Ainda há uma etapa de interpretação das conclusões do Watson por uma espécie de junta de cientistas e médicos antes da elaboração do laudo final, a ser encaminhado para o paciente e seu médico.

Os exames custam R$ 5.200,00 e R$ 8.000,00 nas versões básica e ampliada, respectivamente.

Não é sempre, porém, que se encontra uma alternativa. "Programas baseados em sequenciamento genômico e tecnologia de inteligência artificial são muito promissores, uma vez que podem identificar alvos terapêuticos. Infelizmente, porém, apenas uma minoria de pacientes se beneficia", diz o oncologista Gilberto Lopes, professor da Universidade de Miami e editor-chefe do Journal of Global Oncology, revista especializada em oncologia.

Seguindo Lopes, entre 50% e 60% dos pacientes com adenocarcinoma de pulmão encontram possíveis tratamentos. Isso, no entanto, não vale para a maioria dos demais tumores. "Pesquisas recentes sugerem que menos de 10% dos pacientes encontram alvos ou pesquisas disponíveis. Imaginamos que no Brasil o número de pacientes que encontrem uma alternativa seria ainda menor".



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:03 MT tenta renegociação com banco
19:03 Taques pede tranquilidade aos servidores públicos
19:03 TJ deve analisar hoje HC de Mauro Savi
19:02 Sindicato pressiona TJ por ação no STF
19:02


17:32 BOA DISSONANTE
17:32 PT: Lula é oportunidade para reencontrar a democracia
17:31 Endurecer a lei contra o crime
17:29 Ateu, graças a Deus!
17:29 Dom Lula e as universidades
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018