Quinta feira, 12 de dezembro de 2019 Edição nº 14979 18/05/2018  










Anterior | Índice | Próxima



Lavanderia

É grave a denúncia do MPE contra sete deputados estaduais, no contexto da Operação Bereré: pelo menos cinco deles receberam propina para não fiscalizar o esquema de lavagem de dinheiro no Detran-MT. Entre eles, o atual líder do Governo, Wilson Santos (PSDB).

Propina

Na denúncia feita na quarta-feira, o MPE apontou que WS, Baiano Filho (PSDB), José Domingos (PSD), Romoaldo Jr. (MDB) e Nininho (PSD) receberam R$ 186,6 mil em propina para não fiscalizar o contrato milionário da empresa EIG Mercados com o Detran.

Esquema

Segundo o MPE, parte da grana repassada à EIG Mercados retornava como propina a políticos e empresários. O dinheiro era “lavado” pela Santos Treinamento e por servidores da Assembleia, parentes e amigos dos investigados.

Campanha

Em meio às indefinições no quadro político-eleitoral, o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) faz pré-campanha ao Senado no Vale do Araguaia. Aproveita para “vender” seu candidato a governador, o senador Wellington Fagundes (PR).

Companhia

No périplo pelo Araguaia, o cicerone de Fávaro é o empresário Eduardo Moura, ex-presidente da Ager, investigado pela Defaz, sob suspeita de integrar um esquema de fraudes em concessões do sistema intermunicipal de transporte.

Mudanças

Citando pesquisas para consumo interno, alguns veículos divulgaram que o governador Pedro Taques (PSDB), gradativamente, estaria reduzindo os elevados índices de rejeição administrativa e política.

Fatores

Segundo as informações, entre os fatores positivos estariam a superexposição da imagem do tucano, com eventos e realizações, e a "timidez" de opositores – entre eles, Mauro Mendes (DEM) e Wellington Fagundes (PR).

Campanha

Presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga (PSD) estaria em campanha pelo terceiro mandato. Curiosidade: ele comanda a entidade mesmo não sendo mais prefeito há um bom tempo.

Palanque

Adversários suspeitam que a intenção de Fraga, ex-prefeito de Nortelândia, é transformar a AMM num palanque para o líder do PSD, Carlos Fávaro. O dirigente é um dos mais ácidos críticos do governador Pedro Taques.

Prioridades

Presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto, listou as prioridades do partido nas eleições deste ano: as candidaturas aos governos da Bahia, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro. A informação é do site da revista Época.

...........

Só mudam mesmo os nomes

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade, nesta semana, a mudança do nome e da sigla do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) para Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Em abril, o TSE aprovou a troca de Partido Ecológico Nacional (PEN) para Patriota (Patri), e já havia autorizado a mudança de Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) para Avante e do Partido Trabalhista Nacional (PTN) para Podemos (Pode), em maio de 2017. O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) quer se chamar Democracia Cristã (DC), e o Partido Progressista (PP) quer trocar o nome para Progressistas, mantendo a sigla PP.

.......

Na Corte

Ministro do STF, o mato-grossense Gilmar Mendes rebateu as acusações de ser o "libertador-geral". Afirmou que a Corte concede habeas corpus a ricos e pobres, mas que "HC de pobre não desperta interesse”.



Metamorfose

“O processo é um instrumento de dignidade, mas a delação está transformando vagabundos em santos”. De Pedro Taques sobre a “orientação” de Silval para que acusados na Operação Bereré façam delação premiada.

Distância

Correligionários do PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, teriam sido orientados a evitar qualquer tipo de conversa com o MDB. Os bolsonaristas querem distância do partido do cacique Carlos Bezerra.

Efeito Silval

Uma das estrelas do PSL é Selma Arruda, pré-candidata ao Senado. A juíza aposentada foi responsável pela prisão do ex-governador Silval Barbosa, que, até hoje, teria profundas ligações com o MDB.

Extremos

Em Mato Grosso, o PSL é comandado pelo deputado federal Victório Galli, notório pelas posições ultraconservadoras, sobretudo, em relação ao segmento LGBT. É porta-voz dos discursos extremistas de Bolsonaro.

Promessa

Recém-empossada no comando da Embratur, Teté Bezerra (MDB) prometeu, em artigo nas redes sociais, realizar a Feira Internacional do Pantanal (FIT), em setembro. Por enquanto, tudo ainda está no papel.

Eleições 2018

Pré-candidato à presidente, o senador Álvaro Dias (Pode-PR) visita Mato Grosso nesta sexta-feira. Ele participa de um encontro com entidades do setor produtivo, na Famato. No sábado, estará em Barra do Garças.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:52 Justino vai recorrer da decisão que proíbe reeleição
18:52 MPE entra com nova ação contra Câmara de Cuiabá
18:51 Governador diz que vai analisar decisão do TCE
18:49 Pedro Taques quer ler denúncia do MPE
18:49 Cinco deputados são suspeitos de receberem R$ 186,6 mil


17:46 PT: Lula é oportunidade para`se reencontrar a democracia
17:46
17:45 Alckmin quer facilitar arma no campo
17:45 MDB vai lançar propostas para o país
17:44 Ministro quer priorizar o SUS da Segurança Pública
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018