Quarta feira, 26 de fevereiro de 2020 Edição nº 14979 18/05/2018  










PROPOSTAAnterior | Índice | Próxima

Alckmin quer facilitar arma no campo

THAIS BILENKY
Da FolhaPress – São Paulo

Em meio à adesão de setores rurais à candidatura presidencial de Jair Bolsonaro (PSL), o tucano Geraldo Alckmin admitiu pela primeira vez nesta quinta-feira (17) facilitar o porte de armas no campo.

"Claro que porte de arma pode ter, na área rural, até deve ser facilitado. Porque as pessoas estão mais distantes", disse o pré-candidato a presidente pelo PSDB.

"Se mora isolado, fica alvo fácil. No agro hoje, as coisas são caras, equipamentos têm valores impressionantes. Então você atrai quadrilha", afirmou.

Segundo sua equipe, está em estudo pelo especialista Leandro Piquet Carneiro, que coordena a área na campanha, formas de, por exemplo, regularizar o porte de pessoas que já tenham armas ilegais.

"Vamos estudar tudo isso com detalhes. Não quero entrar nessa miudeza eleitoral. Precisamos verificar com seriedade. Ele [Bolsonaro] defenda lá as teses dele", rebateu Alckmin.

Apesar da inflexão, o tucano fez ponderações à defesa do porte civil de armas encampada por diversos presidenciáveis..



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· INTERESSANTE, DURANTE 20 ANOS DEFENDEM O  - acir carlos ochove




15:27 Campanha incentiva a empatia e o cuidado com o próximo
15:27 Cidades pantaneiras discutem regularização fundiária
15:27 Como é o transplante de órgãos no Brasil
15:26 Cuidados básicos podem evitar contaminação
15:25


15:24 Cuiabá desiste de empréstimo de US$ 115 mi
15:24 BOA DISSONANTE
15:23 Máscara de proteção respiratória
15:23 Os elefantes e a megafauna
15:22 Quaresma à brasileira
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018