Quarta feira, 19 de fevereiro de 2020 Edição nº 14979 18/05/2018  










CAMPANHAAnterior | Índice | Próxima

MDB vai lançar propostas para o país

BERNARDO CARAM
Da FolhaPress – Brasília

O MDB vai lançar na próxima terça-feira (22) o documento "Encontro com o Futuro", com propostas da sigla para o país. O objetivo da cúpula do partido é apresentar as diretrizes que serão seguidas na campanha eleitoral da legenda, ainda coberta de indefinições.

O documento é uma espécie de continuação do "Ponte para o Futuro", lançado em outubro de 2015, antes do impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

O texto de 2015 trazia uma análise conjuntural do país e estabelecia metas a serem cumpridas. Ele foi usado como base para o governo do presidente Michel Temer, que assumiu o comando do Palácio do Planalto em maio de 2016.

Entre os pontos do texto, estavam a defesa de um limite para as despesas públicas, colocado em prática com a aprovação da PEC do teto de gastos. Outra prioridade -esta não cumprida- era a reforma da Previdência.

O novo documento será lançado em meio a disputas internas do partido para definir qual posição será tomada em relação à corrida presidencial deste ano.

Entre as possibilidades para a corrida presidencial estão colocados os nomes do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, do presidente Michel Temer e também o não lançamento de nenhum nome. O senador Roberto Requião (PR) também anunciou que pretende colocar seu nome para a disputa.

Na quarta-feira (16), membros da bancada do partido no Senado cobraram que Temer anuncie logo que não será candidato à reeleição.

A bancada fez uma espécie de sabatina com Henrique Meirelles. A avaliação é que o ex-ministro da Fazenda tem mais condições de ser o nome do partido para a Presidência. Outra alternativa viável seria não lançar ninguém e compor com outra sigla.

Um dos caciques do MDB defendeu, inclusive, que o evento de lançamento do "Encontro com o Futuro" seja usado para lançar Meirelles como pré-candidato do partido.

O aviso do lançamento do documento é assinado pelo presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), e pelo presidente da Fundação Ulysses Guimarães, ministro Moreira Franco.

O comunicado traz em negrito o aviso de que o lançamento contará com a presença do presidente Michel Temer.

Na ocasião, será feita a apresentação do documento inicial para ser discutido com os presidentes de diretórios estaduais e a executiva do partido.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:27 Partidos de centro-esquerda vão se unir para disputar vaga
16:27 Carlos Avalone entra com HC no STF para parar processo de cassação
16:26 Governador diz que movimento comunitário terá cada vez mais espaço, vez e voz’ no Governo
16:26 Presidente da Ager pede proteção ao governador
16:25 Juiz nega anular sessão da Câmara


16:25 Vereador desiste de pedir sessão secreta
16:24 Pedido de cassação de Abilio gera tumulto na Câmara
16:17 Wilson diz que Taques pode ser Candidato
16:17 BOA DISSONANTE
16:16 Ansiedade ou Depressão?
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018