Quinta feira, 21 de março de 2019 Edição nº 14978 17/05/2018  










ATRASADOSAnterior | Índice | Próxima

STF manda governo pagar duodécimos da Defensoria

Da Reportagem

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que o Governo do Estado repasse os recursos oriundos de duodécimo atrasados à Defensoria Pública de Mato Grosso. A decisão foi proferida pela ministra Rosa Weber em resposta a uma ação impetrada pela Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep).

Além de cumprir com os valores atrasados, o governador Pedro Taques (PSDB) ainda deverá arcar com os valores obrigatoriamente até o dia 20 de cada mês.

“Defiro o pedido de medida cautelar, ad referendum do Tribunal Pleno, para determinar que o Poder Executivo do Estado de Mato Grosso repasse os recursos correspondentes às dotações orçamentárias da Defensoria Pública estadual, sob a forma de duodécimos, até o dia vinte de cada mês, de acordo com a norma constitucional do art. 168, bem como o pagamento das parcelas vencidas a esse título, caso não efetuado”, concluiu a magistrada.

O repasse do duodécimo é dividido em 12 parcelas e estão vinculados à Receita Corrente Líquida (RCL) do Poder Executivo. A Defensoria Pública tem direito a 0,9% da RCL.

Na ação, a Associação afirma que os atrasos representam numa “absurda inconstitucionalidade no tratamento desta instituição”. Além disso, alegam que a falta dos pagamentos levou a Defensoria Pública a suspender o atendimento de 15 núcleos da instituição no Estado. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:31 Bancada federal se reúne com ministro da Infraestrutura e cobra duplicação da BR-163
19:30 Deputados aprovam RGA para os servidores da Justiça
19:30 Botelho apresenta 55 proposições e lidera número de projetos
19:29 Justiça bloqueia bens de deputado Romoldo, Riva, Savi e Fabris
19:27 Partidos de olho no Palácio Alencastro


19:27 MT troca Bank of America pelo Banco Mundial
17:21 Alerta na Lava-Jato
17:21 BOA DISSONANTE
17:20 Os negócios são digitais, e agora?
17:20 Gestão pública
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018