Domingo, 16 de junho de 2019 Edição nº 14973 10/05/2018  










Anterior | Índice | Próxima

MP: foram pagos mais de R$ 30 milhões em propina

Da Reportagem

Investigações preliminares realizadas pelo Ministério Público (MP) dão conta de que mais de R$ 30 milhões foram pagos em propina aos investigados da Operação Bônus, segunda fase da Operação Bereré.

O órgão ministerial afirma que a organização criminosa era formada por 40 pessoas, entre elas, políticos, funcionários públicos e empresários que se utilizavam do contrato da empresa EIG Mercados junto ao Detran para lavagem de dinheiro e recebimento de propina.

O deputado estadual Mauro Savi (PSB) e o ex-secretário chefe da Casa Civil Paulo Taques, ambos presos ontem (09), são considerados líderes da organização criminosa. Conforme o órgão fiscalizador, os líderes se valiam do poder político decorrente dos mandatos eletivos e dos cargos que ocupavam, o que lhes garantiam a ingerência sobre a atuação do Detran.

No total, o MP identificou três núcleos de atuação. Além da liderança, a organização criminosa ainda contava com os núcleos de operação e subalterno.

Entre outras pessoas faziam parte do núcleo de operação estão Pedro Jorge Zamar Taques, Roque Reinheimer, José Kobori e Claudemir dos Santos. Eles eram responsáveis pela operacionalização dos esquemas de obtenção de vantagens ilícitas no âmbito do Detran.

“São eles quem materializam a vontade da liderança tomando as medidas necessárias para que os esquemas de corrupção sejam realizados, bem como atuam direta ou indiretamente a fim de esconder a atividade dos líderes a quem são vinculados, inclusive, para atos de lavagem de dinheiro”, explica o órgão ministerial.

Os integrantes do último núcleo, intitulado de subalternos, exerciam funções de menor complexidade, porém vitais ao funcionamento da organização criminosa.

“Eles são responsáveis por fazer fluir o dinheiro relacionado às vantagens ilícitas obtidas pela organização criminosa, sendo os destinatários primários da propina”, especifica o MP. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:04 Mauro Savi e Paulo Taques são presos
18:04 Desembargador nega pedido de afastamento de Botelho
18:04 MP: foram pagos mais de R$ 30 milhões em propina
18:04 AL não poderá votar sobre prisão de deputado Savi
17:41 Desistência beneficia Marina, segundo Datafolha


17:41 Vereador nega atuação em morte e cita “factoide”
17:41 Dilma se arrepende de assinar lei da delação premiada
17:40 Ministro quer ampliar restrição do foro
17:31 BOA DISSONANTE
17:31 Maggi permanece intocado no Ministério
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018