Terça feira, 23 de abril de 2019 Edição nº 14972 09/05/2018  










BAIXA RENDAAnterior | Índice | Próxima

Distribuídos kits gratuitos para TV digital em Cuiabá

EDUARDO GOMES
Da Reportagem

A distribuição de kits gratuitos às famílias de menor renda atendidas pelo governo federal já está acontecendo em Cuiabá e outras cinco cidades da região. O kit, composto por antena digital e conversor com controle remoto, permitirá que mais de 120 mil famílias continuem assistindo TV em seus aparelhos antigos após o desligamento do sinal analógico na região, que acontecerá em 14 de agosto. A distribuição é uma ação realizada pela Seja Digital – entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável pela operação do processo de digitalização da TV no Brasil, atendendo a determinações da Anatel e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Para saber se está participando da distribuição, a população deve ligar para a central telefônica gratuita 147 ou acessar o portal www.sejadigital.com.br/kit com o Número de Identificação Social(NIS) em mãos. Se o nome estiver na lista, basta realizar o agendamento para retirada do kit gratuito, que também deve ser feito no site ou central telefônica. Cada família pode escolher o ponto de retirada mais próximo à sua residência, além da melhor data e horário para buscar os equipamentos. Nos pontos de retirada disponibilizados pela entidade, as famílias também recebem orientação técnica sobre a instalação da antena digital e do conversor. “Todos devem entrar em contato com a Seja Digital o quanto antes para verificar se têm direito ao kit gratuito e já realizar o agendamento. Com os equipamentos instalados, elas poderão assistir à programação da TV aberta com qualidade de imagem e som de cinema, antes mesmo do desligamento do sinal analógico”, comentou Vejuse Oliveira, gerente regional da Seja Digital.

Além de Cuiabá, o sinal analógico de TV será desligado em Acorizal, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande. Nesses municípios, a partir de 14 de agosto, todos os televisores devem estar adaptados para receber o sinal digital. Os telespectadores devem verificar se o modelo de TV que possuem é compatível com a nova tecnologia e, caso não seja, conectá-lo a um conversor digital.

SEJA DIGITAL - A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do governo federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1.300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:04 Mauro Savi e Paulo Taques são presos
18:04 Desembargador nega pedido de afastamento de Botelho
18:04 MP: foram pagos mais de R$ 30 milhões em propina
18:04 AL não poderá votar sobre prisão de deputado Savi
17:41 Desistência beneficia Marina, segundo Datafolha


17:41 Vereador nega atuação em morte e cita “factoide”
17:41 Dilma se arrepende de assinar lei da delação premiada
17:40 Ministro quer ampliar restrição do foro
17:31 BOA DISSONANTE
17:31 Maggi permanece intocado no Ministério
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018