Sábado, 23 de fevereiro de 2019 Edição nº 14957 14/04/2018  










WILSON CARLOS FUÁHAnterior | Índice | Próxima

A preciosidade do seu voto

Neste momento de crise moral, ética e econômico-financeira, sem precedentes, o país passa por momentos sem igual em sua história, provocando um rico quadro de reações e inúmeras consequências positivas trarão mudanças profundas e significativas em nosso meio social e político.

Ao desenvolvermos uma análise da situação política, vemos que gradativamente o país vive de grandes tumultos políticos instalados em todos os setores da administração pública, tendo como causa a corrupção desenfreada, e tudo está exposto e independente da classe social, as pessoas passaram a buscar maiores conhecimentos sobre o contexto político-social e econômico em que vivem.

O cenário do mundo político, sujo e desonesto, constituído por personagens que optaram pelo “vale-tudo”, e que sempre antes de concluir um mandato, já estão se articulando e se estruturando, pensando em novas disputas e para não correr o risco de ficarem longe do poder e perder o “fórum privilegiado” que poderia acarretar o surgimento de situações adversas e indesejáveis na caminhada na contra mão do poder.

Hoje, muito mais pessoas são instruídas através das informações instantâneas vindas através dos mais diversos meios de informações existente no país, e as pessoas sabem muito mais que antes sobre a forma sistemática do funcionamento das nossas instituições públicas, tais como: Poderes Legislativo (Câmara Federal e Senado); Poder Judiciário (os julgamentos são transmitidos ao vivo), vemos os poderosos executivos e empresários sendo presos, e a partir daí, o povo se posiciona como cidadãs e cidadãos brasileiros conscientes e conhecedores dos seus direitos e deveres cívicos, e farão justiça através dos seus votos, pois somente o povo tem o poder de julgar os políticos de forma sumária através das urnas, e na hora de votar, o eleitor ficará no limiar entre o que é ético e antiético das ações que os candidatos desenvolveram durante os seus mandatos anteriores.

Sabemos que a formação de um político fica condicionada aos valores edificados na base familiar de cada um, e em nossa percepção, alguns políticos até dão a possibilidade para que aos eleitores possam caracterizá-los e identificá-los, tendo por base as suas histórias, sendo ele, no início da sua carreira, um político pobre e após sua carreira política, transformam em grandes milionários políticos.

Entre os políticos bem sucedidos neste país, estão aqueles que são hábeis em enganar os eleitores e tem em seus conceitos, chegam até classificando-os com o sinônimo que aproxima de "idiotas", mas nesta eleição tudo será bem diferente, o povo estará mais preparado para dar as respostas nas urnas, com atitude de cidadania, entendendo a preciosidade do seu voto.

Ao votar o eleitor estará manifestando de forma silenciosa o seu protesto, posicionando e manifestando por justiça social e ética na política, tenha certeza que o povo, agora, mais do que nunca está politizado, e muitos políticos que estão pensando que já ganhou, irão quebra a cara.

Os segmentos da nossa sociedade que jamais se posicionaram politicamente, agora vemos pelas ruas, são pessoas de todas as classes, clamando determinadamente por mudanças, demonstrando que os eleitores já atingiram um limite zero de tolerância e esse sofrimento está trazendo maturidade, capaz de dar um basta a tudo que estava posto e deteriorado num sistema político adoecido, apodrecido e em ruínas que transformou a política neste país.



* WILSON CARLOS FUÁH é economista, especialista em Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.

wilsonfua@gmail.com



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:08 Supremo deveria erguer uma estátua
18:07 INSS convoca 152 mil para perícia
18:07 Após queda de braço, Michel Temer indica seu porta-voz para o comando da empresa
18:06 Defesa de Lula recorre de novo ao Supremo
18:06 Prefeitura pede transferência de Lula ‘para lugar seguro’


18:06 Defesa de Lula recorre de novo ao Supremo
18:06 Ministra do STF assume Presidência
17:57 TJ aumenta auxílio saúde e alimentação dos juízes
17:56 Três mil novos documentos adiam fim da CPI do MPE
17:54 Aprosoja/MT vai acionar Estado na justiça
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018