Sexta feira, 20 de setembro de 2019 Edição nº 14952 07/04/2018  










SÃO PAULOAnterior | Índice | Próxima

Time feminino faz história e ganha Libertadores Sub-16

Da Uol/Folhapress – São Paulo

Campeonato Paulista Sub-17, mesmo com time predominantemente formado por meninas de 15 anos. Liga de Desenvolvimento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). E, por fim, Libertadores. O time feminino sub-16 do São Paulo, formado em parceria com o Centro Olímpico, fez história mais uma vez na noite da de quinta-feira. As garotas golearam o Juan Arango, da Venezuela, por 5 a 0 e conquistaram o título da "Fiesta Sudamericana de la Juventud", que equivale justamente à Libertadores sub-16.

A partida foi disputada em campo na sede da Conmebol, no Paraguai, e coroou campanha praticamente perfeita da equipe treinada por Thiago Viana. Foram seis partidas, seis vitórias, 33 gols marcados e apenas um sofrido. Milena, com nove gols, foi a artilheira da competição. Marcelle foi eleita a melhor goleira. O clube paulista ainda levou o prêmio "Fair Play" do torneio.

PLACAR

Na final, o placar foi aberto logo aos dois minutos por Giovanna. Sabrina, de pênalti, Larissa, Milena e Jéssica completaram a goleada por 5 a 0. Antes do Juan Arango, as tricolores já haviam derrubado Del Agustino, do Peru, Gauchitos Pilarica, da Argentina, Santa Cruz, da Bolívia, Géneses, do Paraguai, e Palmirense, do Uruguai. O duelo com as uruguaias, na semifinal, foi o mais complicado para o São Paulo, que venceu por 2 a 1 para se classificar à decisão.

A parceria entre Tricolor e Centro Olímpico foi firmada no ano passado e começou com o título histórico do Paulistão Sub-17. A conquista saiu mesmo com uma equipe mais jovem que as rivais. A base desse time já havia ficado marcada por outro feito, em 2016: ganhar um campeonato contra equipes masculinas. No segundo semestre, foi a vez de faturar uma espécie de Brasileirão, que garantiu a vaga na Libertadores deste ano. Os clubes agora conversam sobre quais serão os próximos passos da parceria.

RECORDE

Embora tenha sido apresentada como "Fiesta Sudamericana de la Juventud", a competição conquistada pelo São Paulo e pelo Centro Olímpico representa a Libertadores sub-16 feminina. Assim, com a taça, o clube do Morumbi atingiu um feito inédito na América do Sul: faturar títulos continentais em três categorias diferentes.

Além das taças no masculino profissional, o Tricolor também ganhou a Libertadores Sub-20 masculina em 2016. A competição teve Lucas Fernandes e Luiz Araújo como estrelas, comandadas pelo agora auxiliar técnico André Jardine.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:14 Embarques de milho somam US$ 1,34 bi em agosto, alta de 169,2%
18:13 Confinamento impulsiona abates em MT
18:02 Selma muda para o Podemos
18:02 BOA DISSONANTE
18:01 Ajuste no lugar errado


18:01 Medidas cautelares e prerrogativa de foro
18:00 Força feminina
17:59 Pivetta assume governo pela primeira vez
17:59 Revisão aponta superávit de R$ 121 milhões
17:59 Vereador entrega cargos que possuía na Prefeitura
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018