Segunda feira, 18 de novembro de 2019 Edição nº 14946 29/03/2018  










UBIRATÃ NASCENTES ALVESAnterior | Índice | Próxima

Virgílio Corrêa – 130 anos

Realizou-se no dia 21 de março o lançamento da Revista nº 79 do IHGMT, comemorativa dos 130 anos do nascimento de Virgílio Alves Corrêa Filho, merecedor de registro. Em uma rápida digressão histórica, vejamos igualmente as origens do nome desde a Roma antiga. Virgílio, poeta romano clássico, autor de obras vultuosas da literatura latina Éclogas – Bucólicas, Geórgicas e ... Eneida, a mais famosa. Na Divina Comédia, guiou Dante pelo inferno e purgatório.

Nestas plagas, nasceu também um gigante com tais valores, em 8 de janeiro 1887, filho de Virgílio Alves Corrêa e Inês Augusta Alves Corrêa. Iniciou sua jornada estudantil no Ateneu Cuiabano e no Liceu Cuiabano, o superior na Escola Politécnica do RJ, a capital Federal. Oportuno enfatizar sua extensa obra, de reconhecido valor tanto em nível nacional e internacional. Iniciando sua apresentação, verificamos ter sido sócio fundador tanto do IHGMT como da AML, tal como o romano na poesia épica, pautou-se na forja da nossa identidade transcendendo o tempo; como a "bravura arrojada", herança dos bandeirantes rompendo as inóspitas selvas, feras e índios. Escreveu mais de duzentas biografias, publicadas por ele mesmo, abordando personagens desta terra, nacionais e também do exterior, explicitando a faceta dos institutos históricos que pugna a elaborar-se biografias de homens e mulheres, para servirem como modelo de virtude aos pósteros.

Neste prisma, no primeiro mundo a França, hábil em promover seus valores, tanto na literatura, quanto nas artes em geral, cria sua identidade nacional, tradição e cultura autóctone. Assim, grafado sua inicial produção ao estilo biográfico intitulado "Os Predecessores de Rondon" – 1928, enfatizando Silva Pontes - astrônomo, Lacerda e Almeida – matemático e astrônomo, Ricardo Franco – engenheiro, militar, fundou o Forte de Coimbra; e Luis d’Alincourt – topógrafo. Foram eles demarcadores das fronteiras mato-grossenses no século XVIII, os primeiros colegas formados em Coimbra, receberam homenagem da cidade Pontes e Lacerda, o seguinte em grande inferioridade rechaçou ataque espanhol ao Forte, o último - demarcou fronteiras e fez estatísticas! Muitos notáveis informes destes exploradores dos rios, de outra forma não haveriam como romper o tempo e chegar até nossos dias, negligenciando esforços heróicos, esse trabalho ficaria anônimo. Necessário valorizar a prata da casa, estimular esses atos de bravura, a determinação de Homens singulares que serviram de exemplo e ajudaram a criar uma personalidade de um povo altaneiro, talvez sem o registro destes feitos, até os passeios de 100.000 Km de Rondon, seriam mais curtos.

Enquanto hoje, o prefeito é flagrado pondo "dindim" no paletó em cena vexatória, e talvez ainda abafe essa maracutaia na câmara dos Horrores, pelos que deveriam nos representar. O nosso povo deve esmerar-se nos bons exemplos, seguir retilíneo, não como o supremo barraco, testemunhado pela Nação no embate ministerial, onde tentam soltar bandidos ao arrepio da Lei!!!

Após uma década Virgílio volta ao cenáculo e publica "Galeria Mato-Grossense, composta de biografias distintas de quatro valorosos nomes, - exemplos éticos de elevada moral - Luís de Albuquerque M. P. Cáceres, Pedro Celestino, Joaquim Murtinho, e Augusto Leverger. Nesta ordem, segundo o enfoque certeiro de sua pena, o fronteiro que assegurou o domínio luso, governador e guia deste povo, o restaurador das finanças do Brasil, por fim o bretão cuiabanizado.

Necessário observar, fato determinante para IHGMT e AML, quando o interventor Antonino Nena Gonçalves doou a Casa Barão de Melgaço para as Instituições Culturais supra, Virgílio Alves Corrêa Filho, Secretário Geral do Estado, proferiu o discurso no ato da entrega. Fato ocorrido no dia 23 de novembro 1930? "A memória da humanidade, volúvel e loureira…"

Fez residência definitiva no Rio de Janeiro, recebendo convite, ingressou no Olimpo da historiografia em 22 de agosto 1931, o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, criado por D. Pedro II, foi Secretário Geral longos anos e grande-benemérito em 16 de maio 1958. Sobejou ao participar de inúmeros Institutos, como IHG de São Paulo, Instituto Histórico do Ceará, Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, IHG de Sergipe, e ao Instituto Paraguaio de Investigações Científicas. Era correspondente ainda de organismos internacionais de cultura tanto do México quanto Portugal.

Escreveu uma infinidade de obras, dentre as quais registro ? À Sombra dos Ervais Mato-Grossenses, Aspectos da Formação e Evolução do Brasil, Questões de Ensino, À Cata de Ouro e Diamantes, A Propósito do Boi Pantaneiro, Indústrias Mato-grossenses, e História do MT. Sua bibliografia completa, elaborou Pedro Tórtima, foi publicada no v. 148, nº 357, da R. IHGB. Orlando Valverde, discursando no IHGB assevera? "para estudar seriamente a História e a Geografia de Mato Grosso, não se pode ignorar a obra monumental Virgílio Alves Corrêa Filho, pois este legou ao Brasil uma herança inestimável para a sua cultura e sua afirmação como povo."

Provavelmente sua peça mais pungente seja o artigo "Ela", dedicado ao seu amor, casado com Edith Corrêa da Costa desde 19 de março 1912, que faleceu em 17 de setembro 1953.

Expirou nosso Plutarco das biografias, no Rio de Janeiro em 11 de setembro 1973.



* UBIRATÃ NASCENTES ALVES, membro da AML - cadeira nº 1

ubirata100@gmail.com



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:13 Victório Galli diz que Selma Arruda vai para o PSL
19:11 Após reunir com Jayme, Dilmar Dal Bosco continua no DEM
19:10 TJ nega pedido para suspender ação de grampos ilegais
19:09 MP investiga ‘fantasmas’ na Câmara
19:09 Após nova reunião, deputados decidem continuar no partido


18:32 BOA DISSONANTE
18:31 Pasta verde
18:31 É agora Lava Jato!
18:30 Virgílio Corrêa – 130 anos
18:30 Erudição é fundamental
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018