Sábado, 16 de fevereiro de 2019 Edição nº 14943 24/03/2018  










ESTADUAL 2018Anterior | Índice | Próxima

Final de semana com vários jogos

ADMAR PORTUGAL
Da Reportagem

Luverdense e Sinop se enfrentam às 19h30 no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, no jogo de ida que abre as semifinais do Campeonato Mato-grossense. Antes, às 18h, Clube Esportivo Operário Várzea-grandense recebe o União de Rondonópolis na Arena Pantanal no jogo de volta das quartas de final. Amanhã (domingo, 25), às 15h, Cuiabá e Ação jogam na Arena Pantanal também no jogo de volta das quartas.

Operário e União empataram em um gol no jogo de ida e um novo empate no jogo de j=hoje o semifinalista será definido nos pênaltis, o mesmo vale para o jogo de amanhã entre Cuiabá e Dom Bosco. “É decisão de campeonato e temos que jogar tudo e mais um pouco. Temos a obrigação de fazer o dever de casa e jogar focado a um só objetivo, que é a classificação. Conversei muito com o grupo chamando atenção de cada um devido a importância do jogo contra o União. É matar ou morrer’, disse o técnico do Tricolor, Leocir Dallastra.

No União de Rondonópolis o técnico Bolivar ainda não digeriu o empate do jogo passado, quando sua equipe ‘encurralou’ o adversário e não soube converter em gols as oportunidades criadas. "Nosso time foi superior ao Operário, mas pecamos muito nas finalizações e acabamos sofrendo o gol de empate em uma bobeira de nosso lateral. Mas ainda confio no grupo e temos sim condições de buscar a classificação na Arena”, disse confiante o treinador.

No jogo de amanhã o Cuiabá, dono da melhor campanha no Estadual, dos dez jogos disputados, venceu oito e empatou duas, não foi bem no jogo de ida contra o Dom Bosco. “A eliminação da Copa do Brasil e da Copa Verde afetou o grupo e em virtude disso inibiu o time em campo. Neste domingo acredito no poder de reação de cada um a vamos jogar pra vencer. O time está completo e vamos para o tudo ou nada”, comentou o técnico Itamar Schulle, que corre o risco de perder o cargo com nova eliminação.

Em Lucas do Rio Verde, Luverdense e Sinop reeditam a final do Mato-grossense de 2016, quando disputaram o título e o Verdão do Norte levou a melhor e conquistou o título. “É um jogo que promete muitas movimentações e o Sinop atravessa bom momento e vamos procurar fazer o dever de casa e jogar determinado a buscar nosso objetivo que é o resultado positivo. É um jogo difícil, mas temos a obrigação de jogar pra vencer e vencer”, comentou o técnico Odil Soares.



No Sinop o comandante técnico Paulo Foiani, que faz mistério dos 11 que devem começar jogando, com desfalque certo de um dos artilheiros do time, o atacante Cleberson Tiarinha, que levou o terceiro cartão amarelo no jogo passado e cumpre automática. “O time está definido, mas preciso aguardar até momentos antes do jogo para anunciar o time devido alguns jogadores queixarem de dores musculares. Mas estamos tranquilos para os primeiros 90 minutos de jogo”, disse confiante o treinador. O jogo de volta será no dia 1º de abril, domingo, no Gigante do Norte.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:02 Mais cinco deputado são investigados
19:02 PTB se reúne hoje de olho em engrossar oposição
19:02 Pedro Taques é empossado presidente
19:01 Apoio a Wellington ameaça esquerda
18:59 BOA DISSONANTE


18:58 Ex-líder do governo, critica criação de fundo de estabilização
18:57 O ministro da saúde e o placebo
18:56 O impacto das fake news nas eleições
18:56 A dimensão de Jesus
18:55 De isonomia
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018