Quarta feira, 19 de setembro de 2018 Edição nº 14934 13/03/2018  










CPI DO PALETÓAnterior | Índice | Próxima

Relatório final em 15 dias

Da Reportagem

O vereador Adevair Cabral (PSDB), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), garante que irá entregar o relatório final dentro de 15 dias. O parlamentar tucano afirma que todo o relatório será técnico e elaborado com base nos depoimentos colhidos pelo grupo durante a fase de oitivas.

“Eu estou satisfeito com todos os depoimentos nesta Casa. Então, dá para conseguir fazer o relatório com o que foi feito. Tudo que foi dito aqui estará no relatório. Vai ser um relatório técnico”, disso o tucano.

Nesta terça-feira (13), o parlamentar deve apresentar aos demais membros da Comissão um cronograma contendo informações sobre a conclusão do relatório.

A fase de oitivas encerrou na última quarta-feira (07) com a aprovação de um requerimento de autoria do presidente da Casa de Leis, vereador Justino Malheiros (PV). No documento, o parlamentar pediu que o grupo encerrasse a fase de oitivas e passasse para a produção do relatório final.

A solicitação de Justino foi acatada por Adevair e Mauro Nadaf, que também é membro da CPI. Já o presidente da Comissão, vereador Marcelo Bussiki (PSB) foi contrário à medida e recorreu à Justiça. No último sábado, entretanto, juiz Jorge Iafelice dos Santos indeferiu pedido de liminar impetrado pelo parlamentar.

Diante disso, Bussiki irá apresentar um relatório em separado. Para ele, a CPI deveria colher mais depoimentos, uma vez que há contradições a serem esclarecidas.

Desta forma, em busca de mais informações, o socialista participa nesta terça-feira (13), ao lado do procurador-geral de Justiça Mauro Curvo, de reuniões no Supremo Tribunal Federal (STF) e na Procuradoria Geral da República (PGR) com vistas a pedir o compartilhamento de provas da delação do ex-governador Silval Barbosa.

Desde o ano passado, o chefe do MPE e o vereador já fizeram cinco pedidos ao ministro do STF, Luiz Fux, para que haja o compartilhamento do conteúdo das provas que já existem e da própria delação do ex-governador e sua família, além das provas apresentadas pelo ex-chefe de gabinete, Silvio Corrêa.

O objetivo é subsidiar os trabalhos da Comissão criada para investigar o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e principalmente a produção do relatório paralelo que será feito por ele.

“Solicitamos, tanto essa reunião, quanto essas provas, que podem colaborar em muito para o trabalho da CPI. Em vista da manobra feita para acelerar o trabalho da comissão, vejo como fundamental para o meu relatório e também para o do Adevair”, justificou.

Apenas o ex-governador Silval Barbosa, o seu ex-chefe de gabinete, Sílvio Corrêa, o ex-secretário de Indústria e Comércio, Alan Zanatta, e o servidor da Assembleia Legislativa, Valdecir Cardoso, foram ouvidos na CPI. Outros 11 requerimentos para novas oitivas e produção de provas foram indeferidos.

“Esperamos obter, principalmente, os relatórios da Polícia Federal quanto às provas apreendidas na casa do prefeito Emanuel e na prefeitura, pois todos os pedidos feitos para produzir provas no âmbito da CPI foram negados pelos dois membros. Mas, independente dessas provas, irei fazer um relatório que seja fiel à verdade dos fatos”, afirmou.

Já no âmbito do Ministério Público, o compartilhamento das provas vai permitir que o órgão aja em relação aos crimes narrados na delação, no âmbito da improbidade administrativa. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Esse vereador foi entrevistado no progra  - Wilson Araujo Barbosa




18:07 Jayme quer aperfeiçoar o FIES
18:07 TJ suspende condenação e Fabris pode ir à reeleição
18:06 Brasil vence e se garante na 2ª fase
18:06 MPE oferece denúncia contra empresária
18:06 Candidatos fazem promessas na Fecomércio


18:05 Inter confirma recurso de Guerrero
18:05 80% dos gols saem no segundo tempo
18:04 Com elenco enxuto, Aguirre se desdobra com curingas
18:04 Corinthians se prepara para jogo com o Fla
18:03 Três cuiabanos irão treinar na China
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018