Sábado, 16 de fevereiro de 2019 Edição nº 14920 21/02/2018  










DALLAGNOLAnterior | Índice | Próxima

'Buscas também cabem no Congresso'

Da Folhapress – São Paulo

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato, teceu duras críticas ontem contra a pretensão do presidente Michel Temer (MDB) de fazer a Justiça expedir mandados coletivos de busca e apreensão durante a atuação das Forças Armadas no Rio. O Estado está sob intervenção federal em sua segurança pública desde a última sexta-feira (16) e, para valer, só falta autorização do Senado. Por meio de uma rede social, Dallagnol ironizou a proposta. "Se cabem buscas e apreensões gerais nas favelas do Rio, cabem também nos gabinetes do Congresso", escreveu.

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:24 Empresa investe R$ 1 bi em MT
19:23 Se provocada Comissão de Ética da AL se manifestará
19:23 Wellington Fagundes quer ampliar quadros do PR
19:23 Taques ainda aguarda conversa com Maggi
18:41 Nadaf pede perdão judicial para juíza Selma Arruda


18:40 Três blocos são formados na Assembleia Legislativa
18:40 César Zílio paga e se livra da tornozeleira eletrônica
18:40 Alan Zanatta isenta Emanuel Pinheiro
18:07 Dirceu se torna réu pela terceira vez na Lava Jato
18:06 Temer adia escolha de novo ministro
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018