Quinta feira, 23 de janeiro de 2020 Edição nº 14920 21/02/2018  










MINISTÉRIOAnterior | Índice | Próxima

Temer discute nome de ministro para Segurança

MARINA DIAS
Da Folhapress – Brasília

O presidente Michel Temer viajou ontem a São Paulo para fazer novas consultas sobre o nome que escolherá para o Ministério de Segurança Pública.

O presidente voltou do Rio no início da tarde, para participar de um evento no Palácio do Planalto com representantes das federações de indústria e, no início da noite, embarcar para a capital paulista.

Em São Paulo ficam os principais conselheiros de Temer na área jurídica, como o advogado Antonio Claudio Mariz.

A criação da nova pasta é mais uma investida do presidente na agenda de segurança pública. Temer resolveu apostar na temática ao decidir fazer uma intervenção federal na segurança do Rio, na semana passada, e esvaziar o Ministério da Justiça, hoje sob comando do ministro Torquato Jardim.

Segundo apurou a reportagem, o novo ministro, que vai chefiar a Polícia Federal, deve ser anunciado nesta semana, mas o presidente ainda tem dúvidas sobre o perfil ideal do novo titular da área.

Para evitar uma nova crise com o Congresso Nacional, o presidente Michel Temer considera criar o novo ministério por meio de um projeto de lei em regime de urgência.

O Palácio do Planalto já havia preparado o texto de uma medida provisória, que seria publicado nesta semana e cujos efeitos seriam imediatos.

As iniciativas, no entanto, precisam ser posteriormente aprovadas pelo Congresso Nacional para que continuem em vigor.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:43 BOA DISSONANTE
17:42 Planejar a compra do material escolar
17:42 Blairo cobra Neri sobre reunião com Emanuel e Campos
17:41 Fuga no Paraguai
17:41 O nazista Alvim virou “nada”


17:41 Internet das coisas
17:40
17:40 Um novo mundo
17:39 Verdadeira riqueza do Irã não é petróleo, mas coragem dos jovens e mulheres, diz escritora iraniana
17:39 Projetos audiovisuais criticados por Bolsonaro ficam de fora de edital
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018