Domingo, 18 de fevereiro de 2018 Edição nº 14901 23/01/2018  










LEITORAnterior | Índice | Próxima

Desigualdade e evasão escolar

Essa tragédia escolar foi proporcionada pela política do "quanto pior melhor" resultado dos governos dos últimos 20 do nosso país. Essa avaliação condiz com a realidade encontrada. Nossos jovens apresentam muito baixo índice de escolaridade. Isso vem refletindo no desemprego. Se um candidato a emprego não sabe ler, escrever, calcular quanto é 6 x 6, dificilmente conseguirá ser contratado. Lembramos que até para dirigir moto ou outro veiculo é necessária alfabetização. Estamos fadados a permanecer nesse estado econômico lamentável por longos anos até que esses jovens consigam ser alfabetizados. Isso mostra o valor do voto consciente. Mostra também porque devemos repudiar as urnas eletrônicas, forma que a esquerda vem usando para eleger os incompetentes responsáveis por essa situação calamitosa. Um pais do porte do Brasil não pode permitir que continue a persistir esse sistema trágico onde se manipulam os resultados das eleições porque as urnas não podem ser auditadas pois os votos são eletrônicos e não deixam formas de verificação. Os responsáveis pelas eleições, principalmente o TSE e STF tudo farão para continuar com a fraude, pois foram colocados nos cargos que ocupam pelos corruptos que governaram nosso país nos últimos 20 anos. Só povo nas ruas corrige essa situação. Os nossos intelectuais responsáveis pela conscientização da nossa população, já que a mídia trabalha muito bem remunerada pelos poderes constituídos, responsáveis pela calamidade publica em que nos encontramos.

ACIR CARLOS OCHOVE, Cuiabá/MT

ochove@terra.com.br

Silval, o arrependido

Conversa pra boi dormir desse corrupto, se está preocupado mesmo, porque não doa tudo que roubou do povo de Mato Grosso para instituições como a Santa Casa e Hospital do Câncer? Eu não acredito em nada do que ele e sua família fala !!!!

AGOSTINHO GUERRA, Cuiabá/MT

655 animais atropelados nas estradas de MT

O Sistema UrubuWeb é uma excelente iniciativa. Mas receio que esse número esteja subestimado, pois só são contados as ocorrências registradas via app da iniciativa. Se somarmos os dados da PRF e estudos acadêmicos, veremos que esse número (655) seria tranquilamente um valor mensal de atropelamentos nas rodovias. Quem anda pelas rodovias de MT sabe do que estou falando, em um fim de tarde de um trecho movimentado de rodovia, é possível ver em 30 minutos mais de 50 animais atropelados. A construção de Centros de Triagem e Reabilitação de fauna silvestre pode ser um paliativo para o problema. Mas a educação ambiental e no trânsito é ainda a melhor estratégia para resolver esse conflito.

RAFAEL NUNES, Biólogo, Cuiabá/MT

rafavnunes@gmail.com

Estado está lançando o 1º Festival de Lambadão de Mato Grosso

Primeiro festival só se for organizado pelo governo estadual, porque lambadão já teve dezenas de festivais realizados pelas próprias bandas, de modo autônomo. Não se justifica esse evento em forma de competição, porque as bandas sempre trabalharam colaborativamente. Evento nesse molde é só para setores do governo contratarem patrocínios que não voltam para as bandas nunca. Lamentável que apenas em 2017 a inteligência do governo venha a descobrir o lambadão.

MARCOS SILVA, Cuiabá/MT

mrcss@hotmail.com

Mais de 40% dos chamados ao SAMU são trotes

Enquanto não existir punição, com cadeia para marginais e bandidos desocupados, que vivem passando trote no Samu, sempre terá notícia como essa no meio da imprensa.

SAULO FARIAS, estudante, Cuiabá/MT

Decreto reduz tributação no Estado

Toda redução de impostos é sempre bem vinda, desde que devida e profundamente analisada pelos "técnicos" do setor. Gostaria, porém, de saber, se a Sefaz têm meios e procedimentos para saber, na formação de custos do produto final, qual a alíquota que, realmente, fora embutida, "por dentro" e repassada ao consumidor/comprador? Só conheço um meio: na contabilidade.

JOÃO GALDINO DE MEDEIROS, Economista, Cuiabá/MT

jgaldinomedeiros@hotmail.com

Ministério Público investiga pagamentos de pensões

O controle tem que ser rígido ao extremo, tem muitos folgados e aproveitadores. Apoio totalmente a medida, parabéns.

JOSE LACERDA, Cuiabá/MT

jotacerda@bol.com.br

Com cinco dias de festa, Carnaval será bancado por patrocinadores

O povo brasileiro é de terceira categoria mesmo. Enquanto o país se afunda numa crise moral, hospitais falidos, ensino desmoralizado e inoperante, o povo se esquece de tudo como se isso não o afetasse. Terra melhor para políticos corruptos não há.

Moises mel, engenheiro, Cuiabá/MT

moisesmel@hotmail.com

Área da Salgadeira terá novos mirantes

A Secretaria de Turismo, está de parabéns anunciando todas essas obras, que realmente precisa sair do papel. Sobre o retorno do banho na salgadeira, que todos querem, é uma ideia louvável, o contrário seria uma burrice.

JUAREZ CARNAÍBA, Adm de Empresas, Rondonópolis/MT

jcarnaiba@terra.com.br

Dorner querser candidato

Este senhor é digno do meu voto. Excelente opção.

CEZAR GRANETTO, Sinop/MT



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:06 “O Emanuel levou R$ 20 mil”, disse Silvio
19:06 Reunião de Pedro Taques com desembargadores é adiada
19:06 Eder recebe nova condenação: 24 anos
19:06 Cabo ingressa com HC na Justiça
19:05 Silvio confirma propina para prefeito


18:26 Governo propõe aumentar o contingenciamento
18:26 BOA DISSONANTE
18:25 A justiça e a política
18:25 Fim dos conflitos agrários
18:24 De lugar
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018