Domingo, 22 de abril de 2018 Edição nº 148895   










SALÁRIOSAnterior | Índice | Próxima

Taques rebate críticas do Fórum Sindical

RAFAEL COSTA
Da Reportagem

O governador Pedro Taques (PSDB) rebateu veementemente as críticas de representantes do Fórum Sindical, entidade que agrega sindicatos de servidores públicos estaduais, que classificaram de desastrosa a sua política de salários adotadas desde o seu primeiro ano de mandato.

“A crítica na democracia é absolutamente possível, todo mundo tem que criticar. E eu, como político, tenho que ter paciência. Respeito, mas discordo da crítica”, disse.

A declaração foi dada ontem durante solenidade no Terminal Rodoviário de Cuiabá, que lançou o novo Sistema de Transporte Intermunicipal de Mato Grosso.

Taques ressaltou que, mesmo em meio a crise econômica que atinge a diversos Estados brasileiros, o que impossibilita por exemplo o pagamento integral do 13º salário ainda que já estejamos em janeiro de 2018, a sua gestão manteve todos os compromissos salariais firmados pela gestão do seu antecessor, o ex-governador Silval Barbosa.

“Todos os aumentos salariais da administração passada, todos, foram mantidos pela nossa administração. Não existe nenhum que nós não mantivemos. RGA também pagamos todas”, completou.

Questionado a respeito de adotar uma política de escalonamento do pagamento salarial nos próximos meses diante da dificuldade de manter uma capacidade de dinheiro em caixa que possa assegurar o cumprimento de obrigações financeiras, Taques foi comedido e disse que mantem a esperança de que a melhora no fluxo de arrecadação do dinheiro seja frequente nos próximos meses.

O governador reconheceu as dificuldades financeiras nos últimos dias, mas afirmou que os salários já foram pagos em sua totalidade em respeito a categoria dos servidores públicos.

“Pagamos alguns servidores em um dia. Chamei o Sintep [Sindicato dos Profissionais da Educação] e disse a eles que, dependendo da arrecadação do dia seguinte, os valores seriam pagos. Houve arrecadação e nós pagamos. O Estado arrecada todo dia”, afirmou.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:42
18:41 Botelho quer limpar a pauta na próxima semana
18:41 Pedro Taques chama Otaviano Pivetta de preconceituoso
18:41 Emanuel busca harmonia após saída de Niuan do partido
18:40 Juiz condena Wilson Santos a ressarcir o erário


18:40 Cirurgias devolvem visão a milhares
17:42 Cabral vira réu pela 23ª vez
17:42 Dodge falta à cerimônia de Temer
17:41 Ministério Público suíço mantém R$ 2,8 bi confiscados
17:41 MP abre inquérito para investigar Alckmin
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018