Quarta feira, 22 de maio de 2019 Edição nº 148893   










BASE DO GOVERNOAnterior | Índice | Próxima

Dal Bosco vai entregar liderança

Da Reportagem

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) já decidiu que vai entregar a liderança do governo na Assembleia Legislativa.

O parlamentar negou qualquer descontentamento político em sua decisão e argumenta a necessidade de se dedicar a campanha eleitoral na qual será candidato à reeleição em outubro.

Por isso, vai dedicar a maior parte do tempo percorrendo municípios para atender as demandas da sua base como Sinop, quarto maior colégio eleitoral de Mato Grosso.

“Não existe nenhum descontentamento com relação ao governador Pedro Taques ou a equipe de secretários de Estado. Sou deputado com atuação nos municípios do interior e preciso andar pelos municípios para prestar contas do trabalho como parlamentar. Não posso me dedicar a fazer a defesa do Executivo na Assembleia e prejudicar minha reeleição”, disse.

Dal Bosco ainda considera bem-sucedida a sua missão enquanto atuou como líder do governo na Assembleia Legislativa. Isso porque sua habilidade política foi colocada em teste diante de momentos difíceis como a crise financeira que levou o Executivo a atrasar repasses da saúde pública aos municípios do interior e a necessidade de angariar votos necessários para a aprovação da emenda constitucional que limitou o investimento de gasto público nos próximos cinco anos.

“Entendo que cumpri minha missão com eficiência e entrego o cargo de líder ao governador com desempenho satisfatório e reconhecimento dos colegas de bancada”, afirma.

Questionado a respeito de qual parlamentar deverá substitui-lo na liderança do governo, Dal Bosco planeja aconselhar o governador Pedro Taques a escolher um parlamentar com atuação na Baixada Cuiabana.

“Vou aconselhar o governador a indicar alguém de Cuiabá. Para os deputados desta região fica mais fácil já que não precisam viajar tanto para visitar suas bases. É uma sugestão e será acata se for conveniente”, completou.

Da atual legislatura, dos parlamentares da base governista que detém base eleitoral no eixo Cuiabá-Várzea Grande estão o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), e os deputados estaduais Guilherme Maluf e Jajah Neves, ambos do PSDB, mesmo partido do governador Pedro Taques.

Dal Bosco assumiu a liderança do governo no Legislativo em outubro de 2016, após o deputado estadual Wilson Santos se desligar da função para concorrer a Prefeitura de Cuiabá, na qual foi derrotado em uma disputa de segundo turno pelo atual prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB). (RC)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:01 Decreto reduz valores para parcelamento do IPVA
19:00 Dal Bosco vai entregar liderança
18:59 Otaviano Pivetta descarta candidatura em outubro
18:58 Naco investiga Silval com Petrobras
18:57 Salário sai para 65% dos servidores


18:56 Mulher morre e outros dois ficam feridos em colisão
18:56 Quatro são presos por crime ambiental na Guia
18:55 Irmão de sequestrador de empresária é preso com armas
18:54 Encontrado corpo de servidora desaparecida
18:52 Sétima licença de Ledur termina sábado
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018