Quarta feira, 14 de novembro de 2018 Edição nº 14844 21/10/2017  










FEMINICÍDIOAnterior | Índice | Próxima

Vigilante que matou esposa em frente de vizinhos é preso

Da Reportagem

O vigilante Abel Cassimiro de Assis, de 32 anos, foi preso na manhã de ontem pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele é acusado de matar a esposa Ana Paula Assunção da Silva, de 28 anos, com quatro facadas, após uma briga na frente dos vizinhos e dos três filhos no bairro Novo Paraíso, em Cuiabá.

De acordo com a delegada da DHPP responsável pelo caso, Juliana Palhares, a prisão do suspeito foi realizada depois de um trabalho dos policiais que compõem a equipe de operações do delegado Marcelo Miranda.

Várias testemunhas foram ouvidas depois do crime e o pedido de prisão foi emitido pelo juízo da Primeira Vara Criminal de Cuiabá.

“Apesar de ter chorado, o que mais chama atenção é a frieza dele em relatar o crime. Ele é réu confesso e disse não ser ele espiritualmente quando cometeu o feminicídio”, disse a delegada ao Diário.

Em depoimento o suspeito também relatou que não se lembrava de onde era a faca que usou no crime. Depois de ter matado a esposa, ele contou que usou uma motocicleta para fugir e decidiu ficar foragido por uma semana.

O crime

O crime foi registrado em frente da casa onde Abel vivia com a mulher e os três filhos. A primeira facada Ana Paula levou ainda no quintal da casa.

Depois de ser golpeada, ela ainda tentou fugir para a rua e tentou ajuda com uma vizinha. Mas, o réu correu atrás dela e a segurou pelo braço e puxou para fora do quintal, onde continuou dando outras três facadas.

O corpo de Ana Paula ficou no meio da rua todo ensanguentado.

A confusão começou porque a esposa descobriu uma traição e uma perseguição iniciou entre os dois. Mas, para a delegada o homem falou que não teve traição, mas mesmo assim, ela jogava na cara dele e o mandava embora de casa. (RA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:39 Adicional de R$ 3,50 deve ser mantido
19:38 Chuvas se espalham pelo país a partir de agora
19:38 Nova unidade fortalece princípios
19:38 Combustíveis puxam primeira alta do IPCA-15 em 12 meses
19:37 Superprodução e receita opostas em MT


19:37 Mercado se volta para o Brasil
19:36 Oscar Bezerra quer decisão da AL
19:36 Juiza Selma reinterrogará José Riva em fevereiro
19:36 Sachetti evita comentar futuro político
19:35 Justiça notifica Executivo por atrasos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018