Sábado, 24 de fevereiro de 2018 Edição nº 14826 23/09/2017  










ÁUDIO - 1Anterior | Índice | Próxima

“Eu quero que Emanuel que se f...”

PABLO RODRIGO
Da Reportagem

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB) chegou a ser informado que o ex-deputado e atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB), tinha sido gravado recebendo maços de dinheiro em 2013. Porém, Silval disse que esperara que o prefeito se f....

“Te juro pelo meu filho cara, se você, no dia que eu falar, que eu peguei a fita, eu que falei: Silval, o Emanuel. Falei pra ele. E Silval: Ah, eu quero que Emanuel que se f.... Tô preocupado é com Alexandre César. É que o Alexandre é parente da...", diz Silvio em um dos trechos do diálogo com o ex-secretário de Indústria e Comercio, Alan Zanatta.

Zanatta ainda respondeu: "A da mulher, da mulher dele lá né?". E Silvio complementa: "É. Juro pra você. Te juro pelo meu filho. Eu disse: Oh, Silval, eu vi Emanuel [no vídeo]. E ele falou: Quero que o Emanuel se f.... Tô preocupado é com Alexandre".

A gravação ocorreu no último dia 28 de agosto, e foi feita por Zanatta, sem Silvio saber. O encontro teria ocorrido após o delator ter insistido muito para encontrar o ex-secretário e pedir ajuda financeira.

Alexandre César aparece no vídeo recebendo maços de dinheiro de Silvio Cesar Correia, ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa (PMDB). Alexandre coloca o dinheiro em uma mochila.

Sobre o assunto, o ex-parlamentar disse que irá aguardar ter acesso ao conteúdo da delação para prestar devidos esclarecimentos. Por enquanto, segundo o procurador, ele "não tem como se defender".

Alexandre César ainda diz que nunca participou de nenhum esquema de recebimento de "mesada" aos parlamentares. "Nunca existiu isso", complementa.

PGE - A Procuradoria Geral do Estado (PGE) emitiu nota dizendo que considera graves as imagens veiculadas e que, se comprovada a infração do procurador, irá abrir um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para investigar o Alexandre César, que é procurador do Estado.

As delações de Silval Barbosa e Silvio Corrêa foram homologadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, no início de agosto. Os dois que estavam quase dois anos no Centro de Custódia da Capital (CCC), tiveram a prisão preventiva convertida em prisão domiciliar no dia 13 de junho.

Por conta das informações a Polícia Federal deflagrou a 12ª Fase da Operação Ararath, denominada "Malebolge". Durante a operação, cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) foram afastados do cargo. Os prefeitos Emanuel Pinheiro e Luciane Bezerra (PSB) de Juara sofreram busca e apreensão, assim com oito deputados estadual, um federal, além do ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP).



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:39 Desembargadores evitam diálogo com Taques
19:39 STF quebra sigilo bancário da empresa de Carlos Avalone
19:39 Silval diz que foi vítima de extorsão
19:34 24 sábado Lula critica o juiz Sérgio Moro
19:34 BOA DISSONANTE


19:16 Bitcoins e sua regulamentação
19:16 Luis-Philippe, oráculo cuiabano
19:15 De edição
19:15 Corporativismo exacerbado
19:14 Sistema de segurança falida
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018