Segunda feira, 19 de agosto de 2019 Edição nº 14820 15/09/2017  










ORDEM DA CADEIAAnterior | Índice | Próxima

Derf prende quadrilha responsável por 65% dos roubos em Várzea Grande

Da Reportagem

Uma quadrilha responsável por 65% dos roubos no comércio e em casas em Várzea Grande foi presa pela Polícia Civil na manhã de ontem (14), durante o cumprimento da Operação Coligados, comandada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

De acordo com informações da polícia, ao todo foram cumpridos 22 mandados de prisão preventiva. Um deles foi ao Estado do Acre. Além das prisões, a Derf também realizou 17 mandados de buscas e apreensões em casas de membros do grupo criminoso. Em uma das residências, era mantida uma loja que revendia produtos falsificados de marcas consagradas no mercado, como por exemplo, MCD Oakley, Melissa e Carmen Stefens. O valor recebido das vendas era utilizado depois para lavagem de dinheiro roubado.

Até o final da tarde de ontem, dos 22 suspeitos que tiveram mandados de prisão decretados, os policiais civis já tinham conseguido cumprir 20 em alguns bairros de Várzea Grande, sendo que três deles, inclusive receberam as notificações dos mandados de dentro de presídios.

As investigações sobre a quadrilha começaram em maio deste ano e durante o percurso os investigadores identificaram que boa parte dos membros são jovens e já têm passagens por roubos, tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de arma de fogo.

Conforme a delegada titular da Derf, Elaine Fernandes Silva, um dos pontos que chamou atenção durante as investigações foi o vídeo de um happy cantado por um dos integrantes da quadrilha. A letra da música faz apologia ao crime e ainda afronta as forças policiais com calúnias e injúrias. Além disso, todos os assaltos realizados como esquematizado pela quadrilha era comemorado com festas regadas a bebidas alcóolicas, drogas e churrascos.

CHEFÕES DA QUADRILHA - Ainda segundo a polícia, o grupo era liderado por três detentos que cumprem pena por roubos e homicídios. Dois dos presos estão em penitenciárias do estado e um no Acre.

Jackson de Jesus Veríssimo, "Gonçalo" ou "Seu Gonçalo", Wagner Calixto de Lima e Odair de Jesus Silva, "Veião da Capela", representavam o braço forte da associação criminosa.

De acordo com a polícia, Jackson terá o mandado de prisão cumprido no Acre. Ele foi preso no estado com armas e muitos artefatos explosivos.

Já o terceiro na ordem de comando é Odair de Jesus Silva, que possui condenações criminais por roubos. (RA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· pena, que hoje sexta já devem estar todo  - duarte




18:56 Gaeco prende militar acusado de tentar vender informações
18:55 Pedro Taques reafirma que irá concluir a obra
18:55 Neurilan Fraga pede norma para Lei Kandir
18:55 MPE defende afastamento de prefeito
18:54 Gilmar Fabris é preso e afastado da AL


18:44 Conab realiza novos leilões no Estado
18:42 Potencial é oportunidade de renda
18:42 Incertezas junto sobre a JBS voltam atingir mercado
18:41 Plantio autorizado a partir de hoje
18:41 Preços retomam patamar de ‘entressafra’
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018