Sexta feira, 26 de abril de 2019 Edição nº 14820 15/09/2017  










DESFALQUESAnterior | Índice | Próxima

Santos terá time misto contra o Bota

LEANDRO SILVEIRA
Da Agência Estado – São Paulo

O Santos não poderia enfrentar o Botafogo com a sua força máxima no próximo sábado nem se o técnico Levir Culpi quisesse. Com vários jogadores suspensos, lesionados e com desgaste físico, ele vai utilizar um time misto no compromisso válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo sábado, ainda mais que o duelo de volta das quartas de final da Copa Libertadores contra o equatoriano Barcelona será disputado na semana que vem.

A lista de desfalques do Santos conta com três jogadores suspensos pelo terceiro cartão amarelo, recebido no clássico do último domingo com o Corinthians: o zagueiro Lucas Veríssimo, o lateral Victor Ferraz e o meia Lucas Lima.

Além disso, o zagueiro Gustavo Henrique e o atacante Copete nem viajaram ao Equador após sofrerem lesões leves. A comissão técnica trabalha para colocá-los à disposição de Levir para o segundo duelo com o Barcelona, na próxima quarta, na Vila Belmiro, mas Levir ainda não sabe se isso será possível.

"Não temos certeza sobre o Copete. Com certeza teremos modificações contra o Botafogo, mas é preciso esperar, amanhã (quinta-feira) teremos treinamento aqui antes da viagem, temos tempo suficiente de armarmos o time para jogar de igual para igual com o Botafogo", disse, adiantando a escalação de uma equipe bem modificada no próximo compromisso pelo Brasileirão.

LIBERTADORES

O empate por 1 a 1 com o Barcelona aumentou a lista de incertezas no Santos, com Lucas Lima e Bruno Henrique, dois dos principais jogadores do seu setor ofensivo, sendo substituídos durante o duelo por causa de problemas musculares. Além disso, o volante Renato sofreu uma torção no tornozelo, ainda que tenha permanecido em campo durante os 90 minutos. Levir admitiu que deve ter problemas para escalar o time, inclusive no jogo de volta com o Barcelona, mas evitou adotar um discurso lamurioso.

"O Lucas preocupa, sim. Ele sentiu o posterior da coxa, mas antes dos exames não dá para comentar. As três substituições foram obrigatórias, porque o jogo foi de total empenho físico. Mas nosso elenco é muito bom e podemos nos superar. Agora vamos pensar no jogo contra o Botafogo, sábado, e na volta contra o Barcelona", afirmou.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:56 Gaeco prende militar acusado de tentar vender informações
18:55 Pedro Taques reafirma que irá concluir a obra
18:55 Neurilan Fraga pede norma para Lei Kandir
18:55 MPE defende afastamento de prefeito
18:54 Gilmar Fabris é preso e afastado da AL


18:44 Conab realiza novos leilões no Estado
18:42 Potencial é oportunidade de renda
18:42 Incertezas junto sobre a JBS voltam atingir mercado
18:41 Plantio autorizado a partir de hoje
18:41 Preços retomam patamar de ‘entressafra’
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018