Terça feira, 19 de setembro de 2017 Edição nº 14819 14/09/2017  










LEITORAnterior | Índice | Próxima

Vereador entra na Justiça contra prefeito

Felizmente ainda existem alguns poucos políticos em sintonia com os anseios da população. Parabéns para o vereador Felipe Wellaton.

LUIZ AUGUSTO VICTORINO ALVES CORRÊA, Agente de Investimentos, Cuiabá/MT

***



Este vereadorzinho só quer aparecer. Quer seus 15 minutos de fama.

RUTH AQUINO, Cuiabá/MT



Revolta com aumento do estacionamento

É a índole do brasileiro, aceitar tudo passivamente como se fosse a coisa mais natural do mundo. Mas como tudo há exceções, se mexer com o carnaval, acabar com os feriadões e o seu time perder três partidas seguidas aí sim, se sentem ofendidos na sua honra.

MOISES MEL, engenheiro, Cuiabá/MT

moisesmel@hotmail.com



‘Safrinha’ fecha com mais 30 milhões/t

Cumprimentos aos nossos irmãos produtores rurais pelo recorde da produção e produtividade, no cultivo de grãos no estado de mato grosso. assim se constrói um grande pais. Acordando muito cedo e dormindo muito tarde, trabalhando a terra com equipamentos modernos, se adaptando as condições da natureza chegou-se a níveis de produção nunca alcançados no nosso estado. que sirva de exemplo aos pregadores de ideologia que buscam a destruição da nossa economia, como aconteceu na vizinha Venezuela. Vamos em frente que os índices de produtividade sobem a cada safra. Que a logística acompanhe a produção permitindo que o mercado seja competitivo, já que da porteira para dentro o nosso produtor é um grande campeão, um gerador de empregos que estimula a economia, produzindo efeitos tanto no PIB como no equilíbrio das contas nacionais.

ACIR CARLOS OCHOVE, Cuiabá/MT

ochove@terra.com.br



Multas emitidas em apenas 15 segundos

Esta é a grande missão dos amarelinhos ,multar, multar e multar. Estar presente em pontos críticos nos horários de picos para orientar nunca vi ninguém. Pela reportagem, em 15 segundos a multa já está no sistema. Em caso de acidentes a velocidade não é a mesma.

MARIO MARCIO DA COSTA E SILVA, eng.civil, Cuiabá/MT

mariomarcio1959@bol.com.br



Pente fino em benefícios já trouxe economia de R$ 12 mi

Essa revisão é importante mas precisamos auditar as aposentadorias concedidas a partir de 2003, principalmente as de beneficio considerados altos. Outra demonstração que vai abalar é a separação dos benefícios concedidos a aqueles que contribuíram durante toda a sua vida ao INSS, dos funcionários públicos que nada contribuíram e são responsabilidade do empregador, o governo federal. Assim fica muito fácil de entender de quem é a responsabilidade pelas reformas. Ora se o trabalhador pagou durante toda sua vida para se aposentar depois de velho não é justo que seja comparado com quem nunca recolheu nem um centavo. Devem ser observados também os valores das aposentadorias. Outra analise importante é quanto aos valor pago por beneficio dos funcionários públicos comparado com valores pagos aos trabalhadores CLT. Dessa forma fica fácil a justiça nas reformas necessárias. É só separar e dar o tratamento adequado a cada grupo de acordo com o potencial de recursos orçamentários. Existem cálculos atuariais que determinam o volume de recursos necessários ao custeio dos benefícios ao longo da sua existência.

RUTH AQUINO, Cuiabá/MT



Aneel altera valores sobre as contas dos consumidores

E assim querem congelar os salários dos funcionários públicos. Tudo aumenta diariamente e ainda têm a cara de pau de fazer uma proposta indecente dessa. Pouca vergonha e consideração para com o funcionalismo público !!!!!!

ARMANDO BRITO, militar, Barra Do Garças/MT

dery.brito@hotmail.com



Dinheiro para a política

O deputado Daniel Coelho, vice-líder do PSDB-PE, classifica como “uma grande vergonha” a destinação de R$ 3,6 bilhões do contribuinte para a criação do um fundo eleitoral. Ele sustenta que algo como R$ 1,3 bilhão seria suficiente para toda campanha de 2018. Na contramão, outro deputado do PSDB, Marcus Pestana de Minas Gerais vociferou durante a discussão na comissão, que esse valor de R$ 3,6 bilhões é insuficiente, pois a campanha de 2014 custou quase R$ 6 bilhões. O que eles querem mesmo é enriquecer com o dinheiro do contribuinte para usar em campanhas superfaturadas. Mais da metade dessa dinheirama vai parar no bolso dos senhores candidatos e não nas despesas de campanha.

JOSÉ RIBEIRO DA SILVA, Consultor e Gestor de Treinamento, Cuiabá/MT

itde1@uol.com.br



655 animais atropelados nas estradas de MT

E sabendo de tudo isso os governos não são capazes de projetar pistas com travessias para animais. Passou da hora de priorizar máquinas, vamos dar um pouquinho de atenção ao seres vivos, por favor.

JANDIRA MARIA PEDROLLO, Cuiabá/MT

jandirarq@gmail.com



Multas emitidas em apenas 15 segundos

Esta é a grande missão dos amarelinhos, multar, multar e multar. Estar presente em pontos críticos nos horários de picos para orientar nunca vi ninguém. Pela reportagem, em 15 segundos a multa já está no sistema. Em caso de acidentes a velocidade não é a mesma.

MARIO MARCIO DA COSTA E SILVA, eng.civil, Cuiabá/MT

mariomarcio1959@bol.com.br



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:59 Jayme Campos já avalia ser candidato no próximo ano
19:58 Embaixador da Alemanha elogia MT
19:58 Silval Barbosa depõe como vítima
19:58 Silval teme ser morto após delação
19:57 Antônio Joaquim reclama de Rodrigo Janot


19:57 Silval Barbosa entrega novas gravações à Justiça
19:56 Arsenal Cuiabá vence mais em Goiânia
19:56 Jô minimiza polêmica reclama da ausência de fair-play
19:56 Brasileirão terá árbitro de vídeo
19:55 Luverdense ainda acredita na classificação
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015