Sábado, 18 de novembro de 2017 Edição nº 14818 13/09/2017  










ARAPONGAGEMAnterior | Índice | Próxima

Coronel Zaqueu sofre derrota no STJ e continua preso

Da Reportagem

O Superior Tribunal de Justiça manteve a prisão do ex-comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Zaqueu Barbosa. A decisão foi proferida nesta terça-feira (12) de forma unânime pela 5ª Turma da Corte Superior, a qual entendeu que não era cabível o recurso interposto pela defesa do militar.

Os ministros Felix Fisher, Jorge Mussi, Reynaldo Soares da Fonseca e Joel Ilan Paciornik acompanharam o voto do relator, Ribeiro Dantas, que não conheceu do habeas corpus que pedia a liberdade de Zaqueu. Para ele, o habeas corpus deve ser analisado no mérito.

O ex-comandante-geral da Polícia Militar está preso desde o dia 23 de maio, no Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em Cuiabá. Ele é acusado de envolvimento no esquema de grampos ilegais no âmbito da Polícia Militar de Mato Grosso. Zaqueu é apontado como o mandante das ações militares de interceptações telefônicas.

O esquema funcionava por meio da “prática fraudulenta de escuta telefônica militar clandestina, denominada ‘Barriga de Aluguel’”, que é quando uma decisão judicial autoriza a interceptação telefônica de pessoas alheias ao processo em questão.

A arapongagem foi denunciada pelo promotor Mauro Zaque a Procuradoria Geral da República em janeiro deste ano. De acordo com ele, mais de 120 pessoas foram grampeadas por meio deste esquema.

Até o momento, o coronel já sofreu quatro derrotas judiciais na tentativa de garantir a liberdade, sendo duas no STJ, uma no Supremo Tribunal Federal (STF) e outra no judiciário do Estado.

Além de Zaqueu, são réus da ação penal o ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Alexandre Lesco; seu ex-adjunto na Pasta, coronel Ronelson Barros; o coronel Januário Batista; e o cabo PM Gérson Correa Júnior. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:19 Estado consulta União sobre prazo
19:19 Aliados de prefeito confirmados em CPI
19:18 Ferramenta permitirá cidadão controlar gastos públicos
19:18 Inquérito de conselheiros do TCE vai para o STJ
19:18 Estado economizou R$ 1 bilhão em gastos


19:17 Dinheiro do FEX pode atrasar, diz Wellington Fagundes
19:17 Governo estuda ‘revender’ dívida
19:09 Bosaipo é condenado a 18 anos
19:09 BOA DISSONANTE
19:08 Família: a construção da vida
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015