Sábado, 18 de novembro de 2017 Edição nº 14803 19/08/2017  










NOVELA DO VLTAnterior | Índice | Próxima

Presidente da Caixa diz que quer Ajudar para retomada da obra

RAFAEL COSTA
Da Reportagem

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, declarou que o banco está disposto a auxiliar no que for necessário para auxiliar o governo do Estado a retomar as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

A declaração foi dada a imprensa na manhã desta sexta-feira (18) ao participar no Palácio Paiaguás de uma solenidade que celebrou contratos para autorizar a retomada de 2.889 obras do programa Minha Casa, Minha Vida.

“O objetivo é vencer os questionamentos que estão na Justiça e retomar a obra o mais rápido possível. Esse é um esforço grande do Governo do Estado com a Caixa Econômica Federal. O VLT é fundamental para a mobilidade urbana”, afirmou.

No dia 9 deste mês, a Polícia Federal deflagrou a Operação Descarrilho e revelou um amplo esquema de corrupção nas obras do VLT que vão desde fraude em licitação ao recebimento de propina por autoridades como o ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

A obra do VLT que está paralisada há mais de dois anos e já consumiu R$ 1 bilhão é resultado de um empréstimo de R$ 1,477 bilhão do governo do Estado com a Caixa Econômica Federal que deverá ser pago em até 30 anos.

Nos últimos meses, o governo do Estado e as empreiteiras que compõem o Consórcio VLT mantinham diálogos para obter aval do MPE e MPF para retomar a obra, mas não houve êxito pela suspeita de superfaturamento.

O presidente da CEF, Gilberto Occhi, ressaltou ainda que o banco pode auxiliar a retomada da obra oferecendo ajuda às construtoras que estão com dificuldade e precisam de carência e repactuação para pagamento de dívidas.

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que a CEF sempre esteve à disposição para ajudar no VLT. "Precisamos antes que resolver a questão judicial", se limitou a dizer.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:19 Estado consulta União sobre prazo
19:19 Aliados de prefeito confirmados em CPI
19:18 Ferramenta permitirá cidadão controlar gastos públicos
19:18 Inquérito de conselheiros do TCE vai para o STJ
19:18 Estado economizou R$ 1 bilhão em gastos


19:17 Dinheiro do FEX pode atrasar, diz Wellington Fagundes
19:17 Governo estuda ‘revender’ dívida
19:09 Bosaipo é condenado a 18 anos
19:09 BOA DISSONANTE
19:08 Família: a construção da vida
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015