Quarta feira, 13 de dezembro de 2017 Edição nº 14798 12/08/2017  










LEI SECAAnterior | Índice | Próxima

Dobra o número de prisões de motoristas alcoolizados

Da Reportagem

O número de motoristas detidos pelos órgãos de trânsito devido a influência do uso do álcool aumentou em Cuiabá. Dados divulgados pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) mostram que 92 condutores foram presos de janeiro a julho deste ano contra 45 prisões realizadas, em 2016. Os números fazem parte das operações da Lei Seca.

A ação é desencadeada em conjunto com o Batalhão da Polícia Militar de Trânsito, 1º Batalhão da PM, Polícia Judiciária Civil, Delegacia de Trânsito, entre outros. Conforme a Semob, as ocorrências deste ano aconteceram nas 19 blitze, resultaram ainda no recolhimento de 436 veículos por irregularidades nas abordagens feitas em diversas regiões da capital.

Nas operações, os agentes aprenderam 595 Carteiras de Habilitação e fizeram 2.035 testes de alcoolemia, com objetivo de verificar a ingestão de bebida alcoólica. No mesmo período de 2016, a Lei Seca recolheu 219 CNHs, apreendeu 67 veículos e efetuou 45 prisões, além de 1.156 teste de alcoolemia.

Para o secretário da Semob, Antenor Figueiredo, a Lei Seca tem sido de fundamental importância para redução de mortes no trânsito no perímetro urbano da capital, principalmente, nos finais de semana, quando os motoristas dirigem depois de ingerir bebida alcoólica.

Conforme Figueiredo, a Lei Seca tem mudado essa realidade com queda significativa nas últimas blitze as quais registraram apenas apreensões de veículos e CNH. “A conduta dos motoristas está mudando, mas ainda é preciso mais conscientização por parte de quem sai para se divertir e exagera na bebida alcoólica”, afiançou.

A operação Lei Seca iniciou em 2014 numa parceria da Semob, e outros órgãos de trânsito estadual e federal, como a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Batalhão de Trânsito, Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:55 Juiz se declara incompetente para conduzir ação penal
19:55 Assembleia aprova lei orçamentária em 1º turno
19:55 Câmara aprova recriação de Secretaria extraordinária
19:54 FEX deve ser votado hoje no Senado
19:54 Dissidentes do PSB ainda não decidiram para onde vão


19:54 Trabalhos da CPI causa desentendimento entre vereadores
19:53 Lucimar Campos tem 80% de aprovação
19:30 Lei que autoriza fechamento de ruas é aprovada na Câmara
19:30 BOA DISSONANTE
19:29 O paracetamol e os riscos à sua gravidez
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015