Domingo, 20 de agosto de 2017 Edição nº 14798 12/08/2017  










AMBULANTESAnterior | Índice | Próxima

Praça Ipiranga, uma feira ao ar livre

O local que recebe diariamente um grande fluxo de pessoas está a maior parte tomada por ambulantes

DINALTE MIRANDA/DC
Ontem, no início da tarde, o comércio de ambulantes imperava na Praça Ipiranga, sem nenhuma fiscalização
ALINE ALMEIDA
Da Reportagem

A Praça Ipiranga, localizada na área central de Cuiabá, transformou em uma verdadeira feira ao ar livre. O local que recebe diariamente um grande fluxo de pessoas está a maior parte tomada por ambulantes. Não é raro ver em um fio de energia praticamente caído na praça que serve atualmente como uma “arara de roupas” para um vendedor.

Apesar de determinação do Ministério Público para que os ambulantes irregulares desocupem o centro de Cuiabá, o comércio no local segue e para todos os gostos. CDs, DVDs, produtos de beleza, roupas e inúmeros outros objetos. Nas já pequenas calçadas, caixas painéis e as mercadorias são colocadas para dividir espaço com pedestres. O comércio não se restringe apenas às praças. Calçadões, calçadas e qualquer outro espaço que tenha grande fluxo de pessoas, são destinados para “montar o negócio”.

Muitos vendedores ambulantes confirmam que se arriscam nesta atividade e até em perder a mercadoria devido à falta de oportunidades no mercado de trabalho. Márcia Regina Freitas, 42 anos afirma que decidiu vender meias, fone de ouvido e outras mercadorias após as constantes negativas de emprego. “A gente sabe que tem determinação para não ficar nas ruas, mas é o modo de sobreviver. Não estamos roubando ninguém, se eles querem que fiquemos organizados, que dê oportunidades”, disse.

Já quem precisa se deslocar pela cidade reclama das mercadorias que se amontoam, principalmente na calçada. “Acho isso um absurdo. Ta certo que estão trabalhando, mas acho que a prefeitura deveria destinar um lugar melhor para eles, não adianta fiscalizar e amanhã eles já estão de volta, tem que ser algo constante. Imagina uma pessoa com problemas para locomover ter que dividir espaço com barraquinhas, é inaceitável”, diz assistente administrativo José Carlos Paes.

Em relação à região central, a Secretaria Municipal de Ordem Pública confirmou que tem realizado a retirada de alguns ambulantes que estejam irregularmente instalados em lugares que prejudicam a trafegabilidade e promovam uma concorrência desleal com os comerciantes regulares, o que também pode colocar em risco até mesmo a segurança pública.

“No entanto, a Prefeitura tem focado em um modelo de atuação orientativo, reduzindo ao mínimo as apreensões de mercadoria. Até o momento, apenas seis foram realizadas. O grande objetivo da gestão pública é manter o centro da Capital em um estado de normalidade, onde comerciantes e ambulantes convivam de forma agradável”, confirma nota.

Uma operação está sendo desenvolvida entre as secretariais municipais de Ordem Pública e Trabalho e Desenvolvimento Econômico, para a realização de um mapeamento que diagnosticará todas as áreas disponíveis para a prática do comércio ambulante em Cuiabá. “Este estudo será apresentado no final do mês de agosto e a partir deste levantamento, estes trabalhadores serão devidamente dispersos em pontos de vendas autorizados, portando o Termo de Permissão de Uso, que garante a legitimidade da utilização do local para fins comerciais”, afirmou a prefeitura.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Sério? Qual a novidade?  - Dielme Souzaa




19:39 STF obriga tribunais a divulgarem folha
19:39 Nos EUA, prefeito busca recursos para Cuiabá
19:38 Fux homologa deleção de filho e homem de confiança de Silval
19:38 Selma autoriza compartilhamento de provas
19:37 Paulo Taques acusa Perri por perícia indevida em celular


19:37 Presidente da Caixa diz que quer Ajudar para retomada da obra
19:37 TJ manda 2 coronéis para prisão domiciliar
19:01 Cuiabanos reduzem intenção em agosto
19:01 Maggi nega a prática de dumping
19:01 Inscrições ao prêmio Famato terminam na próxima semana
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015