Quarta feira, 26 de fevereiro de 2020 Edição nº 14760 22/06/2017  










JUSTIÇAAnterior | Índice | Próxima

Marcel de Cursi aguarda decisão do STF

Da Reportagem

Única autoridade ainda presa em decorrência da Operação Sodoma da Polícia Civil, o ex-secretário de Estado de Fazenda, Marcel de Cursi, aguarda desde o dia 3 de maio o julgamento de um pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).

Inicialmente, o pedido seria julgado pelo ministro Edson Fachin, porém, de acordo com a publicação nesta quarta-feira (21) no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), a presidente da Suprema Corte, ministra Carmen Lúcia, determinou a redistribuição do habeas corpus a Primeira Turma composta pelos ministros Marco Aurélio de Mello, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

O habeas corpus do ex-secretário Marcel de Cursi no STF foi inicialmente distribuído para a Segunda Turma julgar, porém, em 16 de junho deste ano, o ministro Edson Fachin submeteu à Presidência a análise de eventual prevenção da Primeira Turma do Supremo Tribunal para o julgamento da impetração.

Isso porque está relacionado a Operação Sodoma, cujos recursos já foram objeto de apreciação pela Primeira Turma em diversos precedentes conexos, inclusive, pelo vínculo com o Habeas Corpus impetrado pelo ex-governador Silval Barbosa, que chegou a ser deferido pela Primeira Turma no dia 31 de março de 2016.

Nas últimas semanas, Marcel de Cursi acumulou derrotas na Justiça diante dos pedidos de sua defesa para considerar a juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Selma Arruda, para considerá-la suspeita de conduzir as ações penais relativas a Operação Sodoma.

Também foram negados pedidos de trancamento da ação penal por inércia. O pedido de liberdade no Supremo Tribunal Federal é a única esperança de conseguir liberdade.

Em confissão a juíza Selma Arruda, o ex-governador Silval Barbosa admitiu que Marcel de Cursi agia como mentor intelectual da organização criminosa. (RC)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:30 Abilio pode ser o segundo vereador a ser cassado por quebra de decoro
16:30 Jeferson Schneider diminui delação de Silval e critica MP
16:29 BOA DISSONANTE
16:28 Alcolumbre anuncia apoio a Julio Campos
16:27 Campanha da Fraternidade - 2020


16:27 Em defesa de quem cria
16:27 Não é não, especialmente no Carnaval
16:26 Trânsito
16:25
16:25 Um futuro para o trabalho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018