Sábado, 21 de setembro de 2019 Edição nº 14760 22/06/2017  










CLIMAAnterior | Índice | Próxima

Inverno começa com clima ameno e promessa de muito sol em Cuiabá

Da Reportagem

O inverno começou à 1h24 da madrugada da quarta-feira, 21, com características típicas da estação na maior parte do País. O frio intenso se mantém no Sul, e mais moderado no Sudeste e Centro-Oeste, causado pela massa de ar polar que derruba as temperaturas desde o início da semana.

Na primeira manhã de inverno, os termômetros em Cuiabá oscilaram entre 21º C e 32º C, ficando a maior parte do dia na casa dos 27º C. Na região central de Cuiabá, no período da tarde os termômetros marcavam mais de 30º, com as pessoas aproveitando para tomar sol, depois de dois dias de frio e se refrescarem com sorvete e picolés. “Depois desses dias de frio o calor está voltando e é bom tomar um picolé”, disse Carlos Augusto Ribeiro, 33 anos, que acompanhado da filha Camila, 7 anos, chupava picolé na Praça da República.

“Cuiabá não tem inverno, faz frio uns dois dias e os demais é aquele calor de sempre, graças a Deus”, comemorava Ruth Aquino, um paranaense que mora há 36 anos em Cuiabá e disse gostar do clima quente da capital.

Nas demais regiões do país marcam em torno de 10º C em Porto Alegre, 12º C em Curitiba, 15º C em São Paulo, 19º em Campo Grande e 20º C no Rio de Janeiro. A chuva que atinge o Sudeste, com maior intensidade no Rio, também deixa a sensação térmica mais baixa. O clima desta semana passa a impressão de um inverno rigoroso mas, segundo os meteorologistas, a tendência é de que o frio e as chuvas sejam menos intensos do que no ano passado.

Ao contrário dos anos anteriores, 2017 não tem influência dos fenômenos El Niño ou La Niña. A previsão do Climatempo é de que o frio seja menos intenso do que no ano passado, quando o Brasil estava sob efeito do El Niño. Também não há previsão de calor atípico, como ocorreu em 2015 e 2014 no período.

Até o final da estação, algumas frentes frias de curta duração devem provocar frio dentro da média dos Estados do Centro-Sul. No Sudeste, depois do começo do inverno chuvoso, a tendência é de clima mais seco até setembro. O Sul deve ser a região mais atingida por chuvas fortes.

O litoral do Nordeste também deve ter períodos de chuva intensa, enquanto o interior nordestino e o Norte do País devem registrar o calor intenso e seca típicos da estação. Períodos de friagem podem chegar às regiões do Acre, sul do Amazonas e Rondônia, segundo o Climatempo. O inverno no Brasil termina oficialmente no dia 22 de setembro deste ano.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:33 Estado reduz pauta do ICMS para algumas culturas de MT
20:33 Dólar sobe 0,26% e chega ao maior nível em mais de um mês
20:32 Novas ações de apoio a MT serão realizadas nesse mês
20:32 Confiança do empresário melhora
20:32 Mapa diz que reação não põe consumo em risco


20:31 EUA anunciam embargo à carne brasileira
20:05 Deputado Zeca Viana quer Pivetta de volta ao PDT
20:04 Ministério Público quer dólares de Pedro Nadaf
20:04 Líderes do DEM convidam deputados insatisfeitos do PSB
20:04 Tribunal de Justiça arquiva ação contra Oscar Bezerra
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018