Quarta feira, 24 de julho de 2019 Edição nº 14747 02/06/2017  










CRIME ELEITORALAnterior | Índice | Próxima

José Riva sofre nova condenação

RAFAEL COSTA
Da Reportagem

O ex-deputado estadual José Riva (sem partido) e os vereadores do município de Campo Verde Fernando Schroeter e Marcelo Vieira de Moraes e o cabo eleitoral Álvaro Luiz Gaidex foram condenados pela Justiça por compra de votos e formação de quadrilha.

A decisão foi dada pela juíza Caroline Schneider Guanes Simões em um processo relacionado a crime eleitoral na campanha de 2010 e ainda é passível de recurso.

Embora a sentença tenha sido dada em março, foi publicada somente nesta semana. De acordo com a denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE), os ex-vereadores lideravam um esquema de distribuição de tickets de gasolina por votos e apoio ao então candidato José Riva.

O ex-vereador Fernando Schroeter foi condenado a dois anos de reclusão e R$ 85 de dias-multa. A prisão foi substituída pelo pagamento de 10 salários mínimos no valor da época (R$ 5,1 mil). Álvaro Luiz Gaidex também foi condenado a dois anos de reclusão, mais o pagamento dos R$ 85 de dias-multa. A pena de reclusão foi substituída por seis salários mínimos, vigentes à época dos fatos (R$ 3,1 mil).

Já Marcelo Vieira de Moraes foi condenado a um ano de reclusão, mais o pagamento dos R$ 85. Ele também teve a pena substituída por quatro salários mínimos com valores da época dos crimes (R$ 2,1 mil).

Todos cumprirão a pena em regime aberto. Os valores serão acrescidos de juros e correção monetária e serão encaminhados a entidades assistenciais de Campo Verde.

A maior prova usada pela juíza na decisão foram as conversas interceptadas pela Justiça, "as quais evidenciaram tratativas levadas a efeito pelos denunciados Álvaro, Marcelo e Fernando, os quais aliciavam eleitores, fornecendo-lhes combustível em troca de votos a José Geraldo Riva, quem exercia papel de comando no grupo”.

Em todas as conversas, conforme a juíza, é clara a tentativa dos cabos eleitorais em só conversar sobre o assunto pessoalmente.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:00 Réus entram na Justiça pedindo anulação de investigações
18:00 Cuiabá faz seletivo para mais 4,6 mil empregos; salários chegam a R$ 3,2 mil
17:59 Mulher morre e quatro ficam feridos após carro capotar
17:58 Dupla é presa suspeita de extorsão e roubo contra homossexuais
17:58 Homem é preso em flagrante com 15 tabletes de maconha


17:57 Civil prende sete suspeitos de ataque à Base da PM
17:56 BOA DISSONANTE
17:55 "É uma defesa do cidadão", diz Toffoli, em Cuiabá sobre suspensão de investigações
17:44 Tentativa de calar a advocacia
17:40 Mercosul e a diplomacia cultural
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018