Sábado, 25 de maio de 2019 Edição nº 14746 01/06/2017  










Anterior | Índice | Próxima

Saída não esta no TSE

A crença em alguns círculos políticos de que o desfecho para a crise depende do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é equivocada. Não contribui, portanto, para a defesa dos interesses dos brasileiros, nem para qualificar a política, nem para a democracia e muito menos para o enfrentamento de questões emergenciais do país.

Quem tem que encontrar saída para a crise é a classe política, hoje mais preocupada em salvar a própria pele por meio de alternativas como a ocupação de cargos públicos influentes para garantir foro privilegiado. A sociedade não pode considerar normal esse verdadeiro salve-se quem puder, num momento de tamanha gravidade.

Quando a estabilidade passa a depender prioritariamente de decisões de tribunais, é porque muitas etapas importantes foram queimadas. Uma delas, a cada dia mais visível, é a renúncia de políticos e homens públicos ao dever de agir sempre em defesa do bem comum. É inaceitável que, no auge de uma crise política e econômica de dimensões inquietantes, ministérios sejam ocupados por conveniências pessoais. O presidente Michel Temer não pode consentir que a máquina pública seja usada para a promoção de ações entre amigos, muito menos para favorecer a impunidade.

A crise brasileira só alcançou os níveis atuais porque muitos políticos estão mais preocupados em se proteger da Justiça do que em cumprir com o seu papel. Isso só contribui para tornar a situação ainda mais difícil, prejudicando particularmente a parcela da população com menos condições de se defender.



A crise só alcançou os níveis atuais porque muitos políticos estão mais preocupados em se proteger da Justiça do que em cumprir com o seu papel



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:55 Taques descarta exonerar secretários
19:55 Governo conclui hoje pagamento dos repasses
19:55 José Riva sofre nova condenação
19:55 Maggi defende uso do Fethab por curto tempo
19:54 Nova regra muda Cadastro Ambiental em Mato Grosso


19:54 MPE e MPF rebatem Governo Estadual
19:54 Taques admite mudanças em acordo
19:54 Comerciantes da FEB não perdem esperança
19:52 Receita cresce com melhora sobre preços internacionais
19:52 Endividamento do cuiabano registrou 5ª queda seguida
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018