Segunda feira, 16 de setembro de 2019 Edição nº 14746 01/06/2017  










DIVERSIDADEAnterior | Índice | Próxima

Daniela Mercury é atração da Parada LGBT

Da Agência Estado

Desde que declarou publicamente que é homossexual, há quatro anos, Daniela Mercury se tornou um dos símbolos da luta dos direitos LGBT. Não à toa, a cantora será uma das principais atrações da 18ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, marcada para o dia 18 de junho.

Ela se apresentará no trio elétrico da Skol, um dos maiores do evento. Daniela Mercury se disse muito feliz em comandar a atração pois acredita que a comunidade LGBT deve ostentar a sua força e agir em defesa dos direitos humanos. "Mais que uma celebração, a Parada do Orgulho LGBT é uma atitude política", declarou.

A 18ª edição do evento ainda terá venda de cervejas com a embalagem nas cores da bandeira LGBT. Parte das vendas será revertida para a Casa 1, centro de acolhida para pessoas expulsas de suas casas por sua orientação sexual ou identidade de gênero.

A Parada Gay de São Paulo, a maior do país e uma das maiores do mundo, terá este ano como como tema: "Independente de nossas crenças, nenhuma religião é Lei. Todos e todas por um estado laico". Como nos anos anteriores, a Parada Gay de São Paulo ocorrerá na Avenida Paulista, região central da capital.

Para a presidente da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, Claúdia Regina, "a religião é uma questão de foro íntimo. Cada religião é um caminho e ele não pode ser imposto a toda uma sociedade. Cada caminho, cada religião, centro e templo têm suas pessoas com suas afinidade e não pode impor regras e comportamentos a todos. Tudo o que diz respeito ao público e a toda a sociedade deve ter uma postura de laicidade e não deve contemplar religiões”.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:45 Seis em cada dez internautas fizeram compras no último ano
17:37
16:53 Novos horizontes na aviação brasileira
16:53 A mulher bonita da janela alegre
16:52 Resistência à CPMF


16:52 Saúde: um direito ainda utópico
16:51 Nietzsche ganha verniz pop em nova biografia, que o apresenta como misógino
16:51
16:50 Órfãos da Terra: capítulos da última semana não serão antecipados no Globoplay
16:50 Dramaturgia em diálogo com a psicanálise
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018