Sexta feira, 21 de julho de 2017 Edição nº 14739 23/05/2017  










RELIGIÃOAnterior | Índice | Próxima

Começa os festejos do Senhor Divino

Seguindo a tradição, os festeiros foram recebidos ontem pelo governador Pedro Taques para o tradicional
"chá com bolo"


GCOM
O governador Pedro Taques acompanhado pela prefeita Lucimar Campos e a imperatriz da festa Claudineia Fávaro
JOANICE DE DEUS
Da Reportagem

Uma das manifestações mais expressivas da religiosidade mato-grossense, a Festa do Senhor Divino Espírito Santo teve a sua programação, ontem, marcada pelo tradicional "chá com bolo", na antiga Residência dos Governadores, no Centro de Cuiabá. Antes, no domingo, foram realizados missa e o levantamento da Bandeira do Divino, na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus, a Matriz.

Seguindo a tradição, os festeiros foram recebidos pelo governador de Mato Grosso, Pedro Taques. "É uma honra receber nesta casa, a Casa dos Governadores, a imperatriz e o imperador e todos os festeiros do Senhor Divino. Eu e o Carlos Fávaro (vice-governador) assumimos um compromisso de que, enquanto eu for governador e o Fávaro vice, não deixaremos essa festa tradicional para trás", disse Taques.

Este ano, a festa tem como imperador Júlio Braz e a imperatriz Claudineia Fávaro, esposa do vice-governador. Ela agradeceu ao governador Pedro Taques por manter a tradição de receber os festeiros do Senhor Divino. "Sei que essas festividades estão ajudando a restaurar nossa Catedral e preparando-a para os 300 anos de Cuiabá", disse Claudineia Fávaro. O imperador da festa é o empresário Júlio Braz.

Também presente no "chá com bolo", a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, destacou a honra de participar do evento. "É com muita alegria e muita satisfação que fomos convidados para estar aqui nesta grande festa. Lembro-me quando Jayme Campos era governador e iniciamos essa tradição de receber os festeiros", relembrou.

Nas próximas duas semanas, as bandeiras e esmolas do Divino vão percorrer as ruas da cidade, e haverá novena na Catedral diariamente, de segunda à sexta, às 19 horas. No dia 02 de junho, ocorre o tradicional baile, no Hotel Fazenda Mato Grosso. No dia 4 de junho, quando se comemora Domingo de Pentecoste, há o encerramento com missa às 17 horas, seguida de procissão e quermesse em frente à Catedral.

Para os católicos, o Domingo de Pentecoste quer dizer 50 dias depois da Páscoa, momento em que é celebrado o derramamento do Espírito Santo sobre os apóstolos e representa o nascimento da Igreja, pois foi a partir da efusão do Espírito Santo sobre os apóstolos que eles começaram a pregar o Evangelho e a levar a mensagem de Jesus a todos os povos.

A festa representa ainda a devoção e a fé que a população cuiabana tem a Terceira Pessoa da Trindade. Pelos dogmas da Igreja católica, os fieis acreditam que Deus é trino ou três pessoas e um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. As novenas, segundo os fiéis, são em honra aos sete dons do Espírito Santo, sendo eles, a sabedoria, o entendimento, conselho, a fortaleza, a ciência, piedade e temor a Deus.

Neste ano, a festa do Senhor Divino completa 198 anos e toda a sua renda será revertida para a reforma da igreja e comemoração do tricentenário da capital mato-grossense, que acontecerá em 2019.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:28 Nadaf diz que delegado avisou das prisões
19:26 Pedro Taques prepara novos cortes
19:25 Chico Lima próximo de delação
19:25 Marcel de Cursi é reintegrado ao governo
19:24 Aumento de PIS/Cofins gerará receita de R$ 10,4 bi


19:24 Silval confessa mais um crime
19:23 Frete se mostra mais ‘vilão’ em 2017
19:21 Preso após atirar na casa da sogra
19:21 Vendedor de lingerie é assaltado
19:20 Traído registra ocorrência em delegacia
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015