Domingo, 28 de maio de 2017 Edição nº 14738 20/05/2017  










JUSTIÇAAnterior | Índice | Próxima

Juiz nega, novamente, soltura para João Emanuel

Da Reportagem

O juiz substituto da 7ª Vara Criminal, Jurandir Florêncio Castilho, negou pedido para revogar a prisão preventiva do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, João Emanuel (sem partido).

A decisão foi dada nos autos de uma ação penal na qual João Emanuel é acusado de tentar intermediar uma venda de sentença em favor dos traficantes da família Pagliuca no Tribunal de Justiça (TJ).

O magistrado alegou que a manutenção da prisão preventiva de João Emanuel é necessária diante de sua conduta considerada perigosa.

“Verifico que não houve alteração fática necessária para revogação da custódia cautelar do acusado João Emanuel Moreira Lima, uma vez que diante dos elementos coligidos aos autos, o decreto preventivo se encontra suficientemente fundamentado, lastreada em circunstâncias e características concretas, revelando a periculosidade do agente e indicando a necessidade de sua segregação para a garantia da ordem pública”, diz um dos trechos da decisão.

Atualmente, João Emanuel está detido no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) em razão de outros mandados de prisão preventiva.

Outras duas prisões estão decretadas em razão da Operação Aprendiz do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), na qual é suspeito de desviar dinheiro da Câmara Municipal por meio de fraudes em licitações para pagar agiotas.

E outro mandado de prisão pela suspeita de intermediar um esquema de venda de sentença em favor de traficantes.

Por fraudes em licitação e pela suspeita de liderar um esquema de grilagem de terras, o ex-vereador foi preso em 2013 e teve o mandato cassado no ano seguinte.

Em dezembro, a juíza Selma Arruda condenou João Emanuel a 18 anos de prisão e 305 dias-multa por fraude em licitação e desvio de dinheiro no período em que presidiu o Legislativo municipal. (RC)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:09 Gaeco analisa investigação interna sobre grampos
20:09 Taques convoca coronel da reserva para conduzir IPM
20:08 Marcelo Duarte e o desafio de construir 100 pontes
20:08 Taques libera R$ 70 milhões para Saúde
20:08 Eduardo Botelho defende uso do Fethab na Saúde


20:08 Gilmar Fabris denuncia ex-diretor de hospital
20:07 Sindicalistas reclamam de falta de diálogo
20:07 Governo propõe pagar em três parcelas
19:54 Moody's altera perspectiva do rating
19:53 Empresas com Sise poderão aderir ao sistema federal
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015