Segunda feira, 27 de maio de 2019 Edição nº 14737 19/05/2017  










Anterior | Índice | Próxima

Câmara tem 8 pedidos de impeachment

Da Agência Estado – Brasília

A oposição protocolou na noite desta quinta-feira, 18, o sétimo pedido de impeachment do presidente Michel Temer. Em um ato simbólico no Salão Verde, os oposicionistas formalizaram o pedido de instalação de processo, baseado em suposto crime de responsabilidade e obstrução da Justiça. Caberá agora ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidir pela admissibilidade do pedido para que uma comissão especial seja instalada.

Enquanto a oposição fazia discursos e gritava "Fora Temer" e "Diretas Já", o deputado Diego Garcia (PHS-PR) protocolava o oitavo pedido de afastamento do peemedebista. Desde ontem, a Secretaria Geral da Mesa Diretora recebeu dois pedidos de impeachment de autoria do deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), um do deputado João Henrique Caldas (PSB-AL), um do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), um assinado por sete tucanos e outro apresentado hoje por um deputado estadual de Goiás, Junio Alves Araújo (PRP).

O pedido conjunto da oposição também é assinado pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira, pelo presidente do PSOL, Luiz Araújo, por Alexandre José da Conceição (MST), pela ex-deputada do PCdoB Perpétua de Almeida (AC), e pelos professores da Universidade de Brasília (UNB) Beatriz Vargas e Marcelo Neves. O pedido de impeachment seria protocolado durante a sessão plenária, mas ao saber da intenção da oposição de usar a transmissão da TV Câmara para apresentar o pedido, o vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), encerrou os trabalhos.

"Não tem mais alternativa. Temer tem de ser afastado da presidência da República. Se ele não sair, é o povo quem vai tirar", discursou o líder do PSOL, Glauber Braga (RJ).

No plenário, o líder do PT, Carlos Zarattini (SP), fez um discurso onde afirmou que Temer não tem legitimidade para continuar no cargo e que o País continuará "enfrentando o caos" se ele não for afastado. "Esse presidente já passou da hora de ir embora", afirmou.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:58 Time uruguaio é punido pela Conmebol
19:57 Jorge Sampaoli já admite assumir a seleção argentina
19:56 Rogério Ceni assume culpa pela má fase do São Paulo
19:55 Cuiabá busca a sua primeira vitória
19:54 Luverdense pega o CRB de Alagoas


19:53 Tite não chama Neymar, Marcelo e Daniel
19:52 Temer será investigado por corrupção e obstrução à Justiça
19:51 Lula e Dilma tinha conta de US$ 150 mi
19:49 JBS distribuiu propina a 1.829 políticos
19:45 Saída só irá precipitar a “catástrofe”
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018