Terça feira, 19 de março de 2019 Edição nº 14737 19/05/2017  










LIBERTADORESAnterior | Índice | Próxima

Eliminado, Fla descarta caça as bruxas.

Irritado, com as perguntas dos repórteres, o presidente rubro-negro chegou a dizer que quem pensava em caça às bruxas podia "tirar o cavalo da chuva".

Pedro Martins/MoWA Press
Num jogo sofrido, o Flamengo foi eliminado da Libertadores com um gol do San Lorenzo aos 47 minutos do segundo tempo
São Paulo

No desembarque do Flamengo no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira, o presidente do clube Eduardo Bandeira de Mello rechaçou um eventual clima de terra arrasada após a eliminação na Libertadores.

A derrota de virada para o San Lorenzo (ARG), que impediu o avanço do rubro-negro às oitavas de final, não representará mudanças drásticas no clube, segundo Bandeira.

O presidente do Flamengo garantiu, em rápido contato com os jornalistas, que o trabalho do técnico Zé Ricardo continua normalmente. Bandeira afirmou ainda que o principal prejuízo da eliminação na fase de grupos é "emocional".

DERROTA

“Foi uma derrota sofrida, temos que entender por que isso aconteceu. Depois dos jogos a sempre avalia, a gente sempre conversa independentemente do resultado”, declarou Bandeira.

Ainda na Argentina, na noite de quarta-feira, Bandeira já havia defendido a permanência de Zé Ricardo. Irritado, o presidente rubro-negro chegou a dizer que quem pensava em caça às bruxas podia "tirar o cavalo da chuva".

Com a eliminação na quarta-feira, o Flamengo parou na primeira fase da Libertadores pela terceira participação consecutiva. O time carioca já havia sido eliminado na fase de grupos em 2012 e 2014.

A última vez que chegou ao mata-mata foi em 2010, com um time liderado pela dupla Adriano e Vágner Love, que foi apelidada de "Império do Amor". Naquela ocasião, o Flamengo caiu nas quartas de final para a Universidad de Chile.

PRISÃO

Poucos torcedores aguardavam o time no Aeroporto do Galeão, no Rio, na manhã de ontem. Embora o desembarque tenha ocorrido sem maiores transtornos, um torcedor rubro-negro chegou a ser preso antes do time aparecer no saguão. O torcedor foi algemado após discutir com guardas municipais.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:58 Time uruguaio é punido pela Conmebol
19:57 Jorge Sampaoli já admite assumir a seleção argentina
19:56 Rogério Ceni assume culpa pela má fase do São Paulo
19:55 Cuiabá busca a sua primeira vitória
19:54 Luverdense pega o CRB de Alagoas


19:53 Tite não chama Neymar, Marcelo e Daniel
19:52 Temer será investigado por corrupção e obstrução à Justiça
19:51 Lula e Dilma tinha conta de US$ 150 mi
19:49 JBS distribuiu propina a 1.829 políticos
19:45 Saída só irá precipitar a “catástrofe”
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018