Segunda feira, 22 de abril de 2019 Edição nº 14737 19/05/2017  










TARIFAAnterior | Índice | Próxima

Várzea Grande não deve dar aumento

Da Reportagem

Seguindo modelo de Cuiabá, a cidade de Várzea Grande pode não ter reajuste tarifário neste ano. O município tem até este mês para decidir sobre o valor da passagem do transporte coletivo. Atualmente, o preço que vigora é de R$ 3,60, assim como na Capital. Segundo o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana Breno Gomes, a tendência é que este ano não haja aumento.

O secretário confirma que já está com o estudo tarifário da empresa União Transportes, concessionária dos serviços de transportes, em mãos. Segundo ele, ainda não há data definida para decisão, mas o limite é maio.

Em entrevista ao Diário o secretário de comunicação Marcos Lemos já havia cogitado o não reajuste. Segundo ele, o município está buscando readequar às recomendações do Tribunal de Contas do Estado. Outro motivo, segundo Marcos é que neste ano, a prefeitura deve lançar a licitação do transporte coletivo, já que vence no próximo. As datas ainda não foram definidas.

No entanto, no último dia 07, a tarifa do transporte intermunicipal entre as cidades de Cuiabá e Várzea Grande sofreu reajuste. Dos R$ 3,60, a passagem passou a custar R$ 4. A nova tarifa foi aprovada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Delegados.

Em Cuiabá, o reajuste na tarifa do transporte coletivo foi descartado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB). Os empresários pediam na planilha que o valor de R$ 3,60 fosse aumentado para R$ 4,03. No entanto Pinheiro afirmou que as empresas não oferecem qualidade para que este aumento seja possível. A decisão do prefeito foi comunicada aos empresários e a Agência de Regulação dos Serviços Delegados de Cuiabá (Arsec). O valor de R$ 3,60 ficou acordado e o reajuste não deve ocorrer neste ano. Uma série de melhorias deve ser feitas no transporte coletivo. No segundo semestre deste ano, 50 novos ônibus devem compor a frota.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:14 A reforma da Previdência
20:13 Benefícios fiscais: concessão e requisitos
20:11 Quadro de instabilidade
20:10
20:06 Miss Brasil pode não ser realizado em 2020 por falta de acordo entre Polishop e Band


20:06 Segunda temporada da série de comédia "Samantha!", com Emanuelle Araújo, chega hoje à Netflix
20:05 Maisa estreia talk show inspirada em Hebe
20:05 Programa Mais Você estreia nova competição culinária com amadores copiando chefs famosos
20:04 Tributo ao Rei: Nando Reis lança disco que recupera músicas menos conhecidas de Roberto Carlos
20:03 Ministro chama de mordaça censura a sites
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018