Segunda feira, 27 de maio de 2019 Edição nº 14725 03/05/2017  










Anterior | Índice | Próxima

BOA DISSONANTE

BOA

Pecuaristas mato-grossenses realizam desde segunda-feira (1°), a imunização de todo rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando, em todo o Estado. Pela primeira vez a etapa principal da vacinação é realizada no primeiro semestre. A transferência de novembro para maio atende a uma demanda antiga do setor produtivo. Há mais de 20 anos o Estado não tem registro de febre aftosa em seu território.



DISSONANTE

Preços baixos com perspectivas de cotações ainda menores no decorrer dos próximos meses. Pelo menos essa é a avaliação que os produtores mato-grossenses fazem nesse momento quando falam da atual safra de milho, a safrinha, que está em pleno desenvolvimento nas lavouras. Com perspectivas de uma supersafra, com produção recorde - acima de 26,5 milhões de toneladas, o mercado emite sinais de pressão de baixa sobre as cotações, e a fatura que poderia ser motivo de celebração, depois de um 2016 de perdas, 2017 que poderia ser a redenção, passa a ser motivo de preocupações.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:01 Governo prepara para asfaltar estrada do Guardanapo
20:01 Wilson deve voltar hoje para Secid
19:45 Justiça manda governo entregar dados a sindicatos
19:45 MPE e Governo de MT chegam a acordo
19:45 Deputado Zeca Viana pede providências do MP


19:44 Com medo, após o caso aparecer na mídia, advogado denunciou esquema
19:44 Defaz prende três agentes de tributos
19:36 Manejo de pragas e liderança em debate nesta 5ª
19:36 Transações de usados crescem 6%
19:35 Receita tem melhor saldo do ano em MT
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018