Sábado, 25 de maio de 2019 Edição nº 14725 03/05/2017  










LIVROAnterior | Índice | Próxima

Estado investe mais de R$ 5 milhões em leitura e bibliotecas

Biblioteca Estevão de Mendonça ganhará nova sede em 2018, com a reforma do prédio da antiga Faculdade de Direito de Cuiabá

Da Redação

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT) comemora números expressivos de atuação nas áreas de leitura, literatura e bibliotecas. Nos últimos 28 meses foram investidos pelo Governo de Mato Grosso mais de R$ 5 milhões na promoção do livro e da literatura e na democratização do acesso à leitura em todas as regiões do Estado.

A Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça (BPEEM), comemorou 105 anos em 2017. Maior biblioteca do estado, com um acervo de mais de 100 mil títulos, a instituição vem desenvolvendo uma série de atividades que vão muito além do empréstimo de livros, retomado em 2016 após 12 anos de serviço interrompido. Nos primeiros oito meses desse foram realizados mais de mil empréstimos.

A equipe permanente é composta por 15 profissionais, sendo nove servidores na Biblioteca e seis servidores no Sistema Estadual de Bibliotecas, incluindo bibliotecárias, pedagogos e historiadores.

Com uma programação variada (Férias na Biblioteca, Dia de Ler Todo Dia e Dia Nacional do Livro Infantil, entre outros), a Estevão de Mendonça recebeu mais de 6 mil alunos da rede pública em visitas guiadas onde eles puderam conhecer o acervo literário da instituição que se destaca por conter obras importantes da literatura mato-grossense.

A Biblioteca está entre as dez instituições do país contempladas pelo projeto Recode, da Fundação Bill & Melinda Gates e, em novembro de 2016, abriu as portas do laboratório de informática com 20 computadores de última geração e livre acesso à internet. Neste período, cerca de 2 mil usuários utilizaram os serviços disponíveis na instituição.

A acessibilidade foi outro foco da Estevão de Mendonça com a aquisição de equipamentos como impressora em Braille, scanner de voz, teclado acessível, lupa bandeja, tablets, notebooks com softwares acessíveis com leitor de tela e outras ações desenvolvidas para ampliar o acesso das pessoas com deficiência.

Em uma ação mais recente, a equipe da Coordenadoria de Patrimônio da SEC trabalhou na conservação preventiva, higienização e mudança de um acervo com mais de 3 mil volumes de obras raras – entre livros e documentos – que estavam há mais de dez anos armazenados, sem o tratamento adequado e os cuidados de conservação. Entre os títulos, há preciosidades como a produção de grandes nomes da cultura mato-grossense como, por exemplo, Virgílio Correia Filho, Dom Aquino Corrêa, Dunga Rodrigues e originais manuscritos dos séculos XVIII e XIX.

De olho no futuro, está em andamento o novo projeto arquitetônico e executivo para a reforma do prédio da antiga Faculdade de Direito de Cuiabá, onde será instalada a nova sede da BPEEM com previsão para 2018.

As iniciativas de valorização do livro e da leitura extrapolam os limites físicos da biblioteca. Estão também na implantação, reestruturação e regulamentação do Sistema Estadual de Bibliotecas em mais de 100 municípios do estado. O Sistema reúne hoje 154 instituições públicas e privadas.

As visitas técnicas feitas pela equipe da SEC a 75 bibliotecas de 54 municípios trouxeram resultados bastante positivos como a reestruturação completa de seis bibliotecas municipais, incluindo a capacitação de servidores públicos e bibliotecários, com treinamento para implantação de software de catalogação de acervo em parceria com Biblioteca Nacional e Itaú Cultural.

Ações de vistoria, fiscalização e orientação possibilitaram ainda a reabertura de instituições que estavam fechadas, como é o caso das bibliotecas públicas de Salto do Céu e Figueirópolis do Oeste.

Dentro da programação da Caravana da Transformação, a equipe do Sistema Estadual de Bibliotecas deve visitar 18 municípios da região noroeste de Mato Grosso realizando vistorias, capacitação, fiscalização e orientação sobre o funcionamento de bibliotecas públicas. Nesta ação, que começou em 18 de abril e segue até o início de maio, duas bibliotecas foram revitalizadas, em Nova Nazaré e em Santa Cruz do Xingu.

A Biblioteca Itinerante também foi longe, para mais de 12 municípios e comunidades rurais, com destaque para a realização de oficinas, jogos lúdicos, contação de histórias, distribuição de livros e outras atividades de estímulo à leitura. Ações como estas permitiram a distribuição gratuita de 16 mil obras de autores mato-grossenses para o público em geral e cinco mil obras para bibliotecas públicas no interior.

Articulações em conjunto estão entre os objetivos dos encontros regionais de bibliotecas públicas, cinco no total, realizados nos municípios de Cáceres, Água Boa, Rondonópolis, Juína e Sapezal com a capacitação de 150 gestores e agentes de bibliotecas.

Com investimento em R$ 500 mil para a edição de obras de autores regionais, o Prêmio Mato Grosso de Literatura chega à segunda edição ampliado, em valores e categorias, contemplando criações em poesia, prosa, revelação e infanto-juvenil e valorizando assim a produção literária mato-grossense.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:01 Governo prepara para asfaltar estrada do Guardanapo
20:01 Wilson deve voltar hoje para Secid
19:45 Justiça manda governo entregar dados a sindicatos
19:45 MPE e Governo de MT chegam a acordo
19:45 Deputado Zeca Viana pede providências do MP


19:44 Com medo, após o caso aparecer na mídia, advogado denunciou esquema
19:44 Defaz prende três agentes de tributos
19:36 Manejo de pragas e liderança em debate nesta 5ª
19:36 Transações de usados crescem 6%
19:35 Receita tem melhor saldo do ano em MT
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018