Domingo, 22 de abril de 2018 Edição nº 14677 17/02/2017  










SEM SENTENÇAAnterior | Índice | Próxima

Câmara arquiva denúncias contra vereador acusado de pedofilia

Da Reportagem

A Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá arquivou as denúncias de quebra de decoro parlamentar em desfavor do vereador Chico 2000 (PR). Duas entidades de classe haviam pedido a cassação do republicano no final do ano passado devido às acusações de que ele teria abusado sexualmente de sua enteada de apenas 11 anos.

As representações são de autoria da organização não-governamental (ONG) Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (Moral) e a Associação em Defesa das Crianças e Adolescentes. Ambas as instituições pleiteavam a perda do mandado do republicano por quebra de decoro parlamentar

Segundo o presidente da Casa de Leis, vereador Justino Malheiros (PV), o Legislativo só tomará alguma providência após o desfecho judicial do caso, tendo em vista que o tema ainda está em fase de inquérito.

O parlamentar afirmou que a Mesa Diretora tomou esta decisão com base no artigo 20 da Lei Orgânica, o qual diz que o vereador perderá o mandato caso sofra condenação criminal em sentença transitada e julgada.

“Nós não podemos e nem vamos fazer pré-julgamento de juízo. Vamos esperar o Judiciário resolver o caso, e assim que isso acontecer a Câmara tomara as medidas cabíveis para as quais lhe compete”, finalizou.

Chico 2000 esta sendo acusado de abusar sexualmente de sua enteada. Em novembro do ano passado, o parlamentar chegou a ser preso por conta desta acusação. Ele foi libertado quatro dias depois após obter garantir uma decisão liminar favorável proferida pelo desembargador Pedro Sakamoto. (KA)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:42
18:41 Botelho quer limpar a pauta na próxima semana
18:41 Pedro Taques chama Otaviano Pivetta de preconceituoso
18:41 Emanuel busca harmonia após saída de Niuan do partido
18:40 Juiz condena Wilson Santos a ressarcir o erário


18:40 Cirurgias devolvem visão a milhares
17:42 Cabral vira réu pela 23ª vez
17:42 Dodge falta à cerimônia de Temer
17:41 Ministério Público suíço mantém R$ 2,8 bi confiscados
17:41 MP abre inquérito para investigar Alckmin
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018