Quarta feira, 20 de setembro de 2017 Edição nº 14677 17/02/2017  










VER PARA CRERAnterior | Índice | Próxima

Dólar fecha em alta e com um novo ‘piso psicológico’

Da Agência Estado - São Paulo

O dólar avançou ao nível de R$ 3,08 no mercado à vista no pregão de ontem, invertendo o sinal negativo do início da manhã. O movimento esteve alinhado ao enfraquecimento de algumas moedas de economias emergentes, mas foi direcionado, principalmente, por investidores que aproveitaram as cotações ainda baixas para recompor suas carteiras.

O dólar à vista fechou em alta de 0,72%, aos R$ 3,0824. O valor ficou mais próximo da máxima, de R$ 3,0864 (+0,85%), que da mínima, cotada a R$ 3,0416 (-0,64%). Cabe destacar ainda que esta foi a menor cotação intraday desde 18 de junho de 2015, quando registrou R$ 3,0306. De acordo com dados registrados na clearing da BM&FBovespa, o volume de negócios somou US$ 1,776 bilhão.

O contrato futuro para março terminou em alta de 0,98%, aos R$ 3,0950. A máxima ficou em R$ 3,0965 (+1,03%) e a mínima, em R$ 3,0470 (-0,59%). O volume de negócios somou US$ 16,25 bilhões.

No mercado, já há inclusive discussão sobre um novo "piso psicológico" do dólar ante o real. "O próprio mercado autodefiniu um piso informal de R$ 3,05. Hoje, o dólar tocou esse nível, até um pouco menos, e passou para a ponta compradora", afirmou o superintendente da Correparti Corretora, Ricardo Gomes da Silva. O especialista apontou que foi justamente esse movimento que aproximou a cotação do "suporte" anterior, de R$ 3,10.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:20 TJ mantém condenação de ex-prefeito Walace Guimarães
20:19 Riva dá sinais de que acordo de delação está bem próximo
20:19 Após operação, mudanças na Comissão de Ética da AL
20:18 Perri afasta Jarbas da Segurança
20:18 Pedro Taques diz que decisão é absurda


19:19 Crise não deverá espantar por investidor estrangeiro
19:18 PF deflagra Operação contra desvios
19:18 TCU fará pente-fino em cobrança extra em conta
19:18 IRPJ, CSLL e o PIS/Cofins puxam arrecadação em agosto
19:17 Estudo traz uma análise dos frente aos países da OCDE
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015