Quinta feira, 30 de março de 2017 Edição nº 14651 12/01/2017  










GRANDESAnterior | Índice | Próxima

Fla apresenta elenco; Timão busca reforço

Flamengo anuncia elenco para 2017 com 32 jogadores, sendo seis estrangeiros. Técnico do Corinthians diz que 'objetivo é fazer o time jogar bem'

DIVULGAÇÃO
O Flamengo tem apenas dois reforços: o peruano Miguel Trauco e o meia argentino Conca, ex-Fluminense
GONÇALO JUNIOR
Da Agência Estado – Rio e São Paulo

De olho nas principais competições futebolísticas em 2017, os dois times de maiores torcidas do Brasil, Flamengo e Corinthians, intensificam os treinamentos. E tanto Corinthians como Flamengo, estão cheios de novidades.

Ao iniciar os trabalhos para a pré-temporada, o Flamengo anunciou ontem o elenco que inicia 2017. Inicialmente o técnico Zé Ricardo vai trabalhar com 32 atletas, mas esse número deve subir. A lista divulgada pelo clube não tem, por exemplo, o volante Rômulo, que deve ser liberado pelo Spartak Moscou para ser reforço rubro-negro.

A relação não reflete perfeitamente o grupo que se apresentou ontem para iniciar a pré-temporada porque inclui os meias Lucas Paquetá e Matheus Sávio e o atacante Felipe Vizeu, que estão com a seleção sub-20 para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria, no Equador.

Por enquanto, o Flamengo tem apenas dois reforços: o lateral-esquerdo peruano Miguel Trauco e o meia argentino Conca. Eles se juntam ao zagueiro argentino Donatti, o volante colombiano Cuéllar, o meia argentino Mancuello e o atacante peruano Guerrero. São seis estrangeiros, mas só cinco podem atuar em partidas nacionais. Na Libertadores, não há limite.

Outra novidade é a presença do jovem meia-atacante Cafu, que voltou de empréstimo ao Mumbai City, da Índia. O volante Ronaldo também chega das categorias de base. Por outro lado, deixam o elenco o argentino Lucas Mugni, que estava encostado, e o atacante Fernandinho.

Elenco do Flamengo que inicia a temporada 2017: Goleiros - Alex Muralha, Paulo Victor e Thiago; Laterais - Pará, Rodinei, Thiago Ennes, Jorge e Miguel Trauco; Zagueiros - Réver, Donatti, Léo Duarte, Rafael Vaz e Juan; Volantes - Márcio Araújo; Cuellar; Willian Arão e Ronaldo; Meias - Diego, Lucas Paquetá, Matheus Sávio, Conca, Mancuello, Gabriel, Éverton, Ederson e Cafu; Atacantes - Thiago Santos, Marcelo Cirino, Adryan, Paolo Guerrero, Leandro Damião e

Felipe Vizeu.

CORINTHIANS

Em sua primeira entrevista coletiva depois de ser efetivado como técnico do Corinthians, Fábio Carille afirmou que seu primeiro objetivo é retomar o bom futebol da equipe, que não conseguiu a classificação para a Copa Libertadores nem com o aumento do número de vagas oferecidas através do Campeonato Brasileiro do ano que passado.

"Penso em fazer a equipe jogar bem. Esse é o primeiro passo. O título paulista vai depender do que o time apresentar nos próximos meses", afirmou o novo treinador corintiano em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, na tarde de ontem. "Meu objetivo é fazer o Corinthians jogar bem. O resto é consequência", disse.

Ele promete um time organizado e que valorize o controle da posse de bola. "O time será organizado, com muita posse de bola e muita entrega", revelou Carille, que era auxiliar técnico do time desde 2009.

O treinador afirma que a experiência que viveu quando foi efetivado, ainda que por um breve período, será decisiva a nova fase. "Os 28 dias que passei à frente da equipe foram decisivos para me dar a confiança de que posso fazer um bom trabalho. Meu nome foi bem aceito pelos diretores e conselheiros", afirmou Carille.

Em 2010, após a demissão de Adílson Batista, ele fez duas partidas (um empate e uma derrota) antes da chegada de Tite. No ano passado, após a saída do técnico gaúcho para assumir a seleção brasileira, Carille comandou o time em mais dois jogos. Depois, voltou a ser auxiliar técnico com a chegada de Cristóvão Borges.

Como Cristóvão durou apenas três meses no cargo, Carille assumiu novamente o comando. Dessa vez, foram seis jogos (três vitórias, dois empates e uma derrota). O treinador até recebeu da presidência a promessa de que permaneceria até o fim de 2016, mas não foi o que aconteceu. O time contratou Oswaldo de Oliveira para o seu lugar. Agora, deu nova chance ao ex-auxiliar.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:57 Setor mato-grossense lidera expansão mensal em janeiro
19:56 Arroba já desvalorizou até 10% em 12 dias
19:56 Governo muda regras de inspeção
19:56 JBS para 4 plantas por 20 dias em MT
19:43 Taques busca R$ 600 mi em Brasília


19:43 Líder quer interferência de Taques
19:43 Fazendária prende servidores e empresários em Várzea Grande
19:43 Congelamento ou excesso de arrecadação?
19:42 Rui Ramos quer expandir judiciário
19:42 Riva é condenado a 21 anos de prisão
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015