Domingo, 19 de maio de 2019










‘TEATRO DE FANTOCHE’ 27/12/2016 15:07Anterior | Índice | Próxima

Guarda Municipal de VG insere novos contextos educativos em 2017

Da Reportagem

A Guarda Municipal de Várzea Grande, dentre as várias atribuições da corporação vem desenvolvendo por meio da Guarda Cidadã, projetos sociais e educacionais. O ‘Teatro de Fantoche’ é uma atividade que visa ações de prevenção e educação cuja atuação se dá em escolas públicas, privadas e instituições da sociedade civil organizada.

As áreas de atuação são educação no trânsito, saúde preventiva, meio ambiente e combate ao uso de drogas lícitas e ilícitas. O Teatro de Fantoche realizou neste ano, 107 apresentações, atendendo um público de 16,4 mil alunos.

A coordenadora do projeto, Inês Guimarães destaca que um dos principais objetivos do teatro de fantoche é desenvolver ações sociais nos mais diferentes setores, porém o grupo tem se destacado pela forte emoção com que trata os variados assuntos, ajudando no desenvolvimento sócio-cultural da criança, e ao mesmo tempo na valorização da cultura, nos conceitos morais, civismo, proteção do meio em que vive e cultura da paz.

Guimarães conta que a utilização de bonecos para abordar os diferentes assuntos é uma forma de transmitir mensagens positivas para as crianças, estimulando a concentração e a imaginação.

“A atuação dos bonecos estimulam as crianças a adotarem comportamentos e atitudes prudentes, além disso, elas aprendem brincando. A instituição de segurança municipal tem se preocupado também em trazer uma variedade de atividades para o entretenimento dos alunos, sem perder o caráter educativo que a ação do Teatro de Fantoche proporciona”, completou.

Em 2017 o Teatro de Fantoche volta com novos personagens e novos temas a serem abordados, dentre eles, respeito ao idoso, valores morais, maus tratos e violência sexual contra crianças e adolescentes. Vale destacar que as temáticas que foram abordadas durante este ano, como o combate ao Aedes aegypti, educação no trânsito e enfrentamento ás drogas, continuarão inseridas nos conteúdos programáticos dos espetáculos. (Secom/VG)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:08 Ministro defende proposta da indústria para rotular alimentos
20:07 De 380 escolas, só seis têm a telemedicina como matéria obrigatória
20:01 BOA DISSONANTE
20:00 A revogação da prisão preventiva de temer
20:00 Fim dos lixões e aterros sanitários


19:59 Despertar da educação
19:59 Jabuticaba
19:58 Final de The Big Bang Theory acerta no equilíbrio entre comédia e emoção
19:58
19:57 Os homens que não amavam as mulheres
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018