Terça feira, 25 de setembro de 2018










NECESSIDADE DE UNIÃO 22/12/2016 13:36Anterior | Índice | Próxima

Lucimar reafirma união de Poderes em posse no Tribunal de Justiça

Da Reportagem

Durante a solenidade de posse da nova Mesa Diretora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso sob a presidência do desembargador Rui Ramos Ribeiro e tendo como vice-presidente a desembargadora, Marilsen Andrade Addario e a também desembargadora Maria Aparecida Ribeiro como Corregedora Geral, a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos reafirmou a necessidade de união dos Poderes Constituídos para se sobrepor a crise.

“O momento é de festa da democracia, pois o Poder Judiciário renova suas expectativas com a chegada de uma nova Mesa Diretora que vai continuar na sua missão de assegurar justiça para todos que a procurem”, disse a prefeita ao presidente eleito e empossado reafirmando que promover a Justiça também é uma política social de interesse da população.

Para a prefeita da segunda maior cidade de Mato Grosso e que foi reeleita para um novo mandato, é importante que a Justiça seja parceira dos demais entes públicos para assegurar que todos tenham acesso a serviços públicos de qualidade e vejam seus anseios atendidos.

“O desembargador possui uma experiência muito grande, tenho certeza que ele vai desempenhar um papel muito importante e conduzir o Tribunal de Justiça da melhor forma e mantendo a harmonia entre os Poderes na construção de soluções para que a crise seja vencida”, destacou Lucimar Sacre de Campos.

De acordo com o novo presidente, estar à frente do TJMT é um desafio que será enfrentado cotidianamente. “Queremos dar continuidade aos projetos que já estão em andamento e garantir uma maior celeridade à tramitação de processos, dando um foco especial à Justiça de 1º Grau, onde está o maior número de casos”, declarou.

Com um discurso conciliador, o desembargador assinou o termo de posse e afirmou que os próximos dois anos serão de muitos desafios e de superação.

Rui Ramos defendeu o fortalecimento do diálogo entre os Poderes para superar a crise que afeta o país. “A harmonia é a única forma de fazermos o Estado voltar a crescer”, dizendo ainda que no biênio 2017/2018 a população de Mato Grosso continuará com um Judiciário atuante e à disposição da população para a consagração de seus direitos. “O Poder Judiciário é uma instituição atuante e vai cumprir seu papel, sem excessos, de forma pragmática, consagrando os direitos da população”.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos enalteceu o Tribunal de Justiça por ter em sua composição mulheres que ocupam dez das trinta cadeiras, também estando em duas das três cadeiras da mesa diretora do Poder Judiciário, numa clara demonstração de que existe uma relação profícua em prol de uma justiça transparente, eficiente e sem restrições. A posse dos novos gestores remete à crença na democracia, pois foram eleitos pela maioria e, portanto, representam uma vontade maior.

“Defendo a união de esforços pela população, por Várzea Grande, por Mato Grosso e pelo Brasil, pois somente assim a Justiça emanada das decisões dos julgadores carregará democracia em seu conceito e estaremos em época de dificuldades adotando posturas voltadas por um Brasil melhor. Por pior que a crise seja é necessário que haja distinção, pois não se pode colocar a todos na vala comum, pelo contrário, a maioria é composta de homens e mulheres de bem que respeitam ao próximo, amam o que fazem e defendem um país com mais igualdade e mais dignidade”, declarou a prefeita.

Lucimar Sacre de Campos lembrou ainda que no ato da sua diplomação, defendeu também a harmonia entre os Poderes que em momento de atribulação política e jurídica vivida pelo País, exige-se a paz, união e o resguardo da democracia. (Secom/VG)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:10 25 - têrça-feira Violência e política
20:10 BOA DISSONANTE
20:08 Dívida pública e privatização
20:08 Os joões no poço
20:08 A hora da verdade


20:07 A segurança da urna eletrônica
20:07 ‘Bicha’ virou o Bicho
20:06 Plataforma gratuita semelhante à Netflix reúne ensaios literários de intelectuais
20:06
20:05 "A Parábola do Semeador" , a viagem de Butler
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018