Sábado, 23 de fevereiro de 2019 Edição nº 9916 08/04/2001  










Anterior | Índice | Próxima

Aulas públicas enfim devem ser iniciadas

Da Reportagem

Depois de um mês de espera, as aulas públicas poderão ser finalmente iniciadas em Cuiabá. O presidente da província, Antônio Pedro de Alencastro, assinou ontem ofício autorizando o início das atividades. O documento foi encaminhado à Assembléia Legislativa, que aguardava posição do Executivo desde o último dia 28 de julho.

Alencastro explicou, no documento enviado ontem ao Legislativo, sua lentidão em autorizar as aulas: “A demora em minha resposta vem dos afazeres duplicados desta Secretaria para os exames nos livros necessários”, justifica-se.

A concepção de instrução pública ganhou corpo no mundo há quase meio século, com a chamada Revolução Francesa.

Fontes de pesquisa para esta matéria: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso e José Tadeu Júlio de Silva. (CP)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:06 Frente da Agropecuária quer mudar idade mínima de trabalhador rural
19:42 Justiça suspende indicação de Maluf
18:08 Em Brasília, Mauro cobra retomada das obras da BR-163
17:59 Janaína e Russi dizem que governo apoiou vitória de Maluf
17:58 Com 13 votos, Guilherme Maluf é indicado ao TCE


17:57 MP recomenda anular escolha de Maluf
17:11 Adolescentes indígenas são flagrados com moto furtada
17:11 Vazamento de dados do INSS rende R$ 2 mi ao mês a bando
17:10 Pais fazem filho de “cabo de guerra” em shopping
17:10 Presa suspeita de tentativa de latrocínio contra idosos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018